Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Plataforma Uber

Motorista de aplicativo suspeito de estuprar passageira em Londrina tem conta desativada

Pedro Marconi - Grupo Folha
14 fev 2024 às 09:15
- Pedro Marconi/Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um motorista de aplicativo teve a conta suspensa na plataforma Uber após uma passageira o denunciá-lo por estupro neste fim de semana em Londrina. 


“A Uber considera inaceitável qualquer tipo de comportamento abusivo contra mulheres e acredita na importância de combater e denunciar casos de assédio e violência”, afirmou a empresa, por meio de nota. O caso é investigado pela Delegacia da Mulher.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Amigos da vítima afirmaram à PM (Polícia Militar) que a mulher embarcou no carro em frente a um bar na rua Quintino Bocaiúva, no centro da cidade, na madrugada de sábado (11). A passageira iria descer na rua Pernambuco, a cinco minutos de distância do ponto inicial. De acordo com o BO (Boletim de Ocorrência), ela estaria embriagada e chorando por motivo desconhecido.

Leia mais:

Imagem de destaque
Licitação no fim deste ano

Viaduto de Lerroville vai ser construído na última fase da duplicação da PR-445

Imagem de destaque
Claudinei Oliveira

"Acredito muito que vamos ter sucesso", afirma novo técnico do Londrina EC

Imagem de destaque
Tem sobremesa!

Confira o cardápio do Restaurante Popular de Londrina desta sexta-feira

Imagem de destaque
Jardim Shangri-Lá

Homem tenta roubar comerciante, apanha de morador de rua e acaba preso em Londrina


No caminho, o motorista disse que iria consolá-la e teria a violentado sexualmente. 

Publicidade


“Chegando próxima à residência dela o motorista, segundo os amigos, se ofereceu para ser um ‘ombro amigo’, para ela desabafar, mas teria se aproveitado da situação delicada para forçar a mulher a praticar o ato sexual”, detalhou o tenente Enzo Chiafitela, do 5º Batalhão da Polícia Militar.


O homem divulgou um vídeo nas redes sociais, em que assume o ato sexual, no entanto, diz que teria sido consentido.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Motorista suspeito de estuprar passageira em Londrina tem conta desativada
Homem confessou relação sexual, mas disse que foi consentida; Polícia Civil investiga denúncia
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade