Pesquisar

Canais

Serviços

- Elza Fiúza/Agência Brasil
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
VOTO FACULTATIVO

Número de jovens eleitores em Londrina cai 25% em uma década

José Marcos Lopes - Grupo Folha
05 abr 2022 às 12:52
Continua depois da publicidade

Depois de duas décadas em queda, a procura de jovens pelo título de eleitor ganhou um fôlego no início deste ano, informou o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Segundo o Tribunal, o último levantamento mostra que, até o dia 21 de março, 854.685 jovens entre 15 e 18 anos solicitaram a emissão do primeiro título em todo o país. Todos que completarem 16 anos até o dia da eleição (que neste ano será em 2 de outubro) podem requerer o documento.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O voto para jovens de 16 e 17 anos é facultativo e foi instituído pela Constituição de 1988. No primeiro ano em que eles puderam votar, em 1989, 101.962 jovens nesta faixa etária foram às urnas no Paraná para a eleição em que Fernando Collor foi eleito presidente. Em fevereiro de 2022, segundo dados do TSE, só 27.765 jovens entre 16 e 17 anos estavam aptos a votar no estado — uma queda superior a 72%, apesar do crescimento populacional registrado nos últimos 33 anos.

Continua depois da publicidade


O decréscimo foi registrado em todo o país. Nas eleições de 1990, quando foram escolhidos governadores, deputados federais e estaduais e senadores (as primeiras eleições gerais após o fim da ditadura militar), o número de jovens eleitores era de 2.913.789, o que representava 2% do eleitorado brasileiro. Na eleição para prefeitos e vereadores de 2020, eles representavam somente 0,6% do total de eleitores no país: 914.960 em todo o Brasil. Os números mostram uma queda de 68,5% ao longo de 32 anos.


No último dia 28 de março, segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), Londrina tinha 1.851 eleitores nesta faixa etária (533 de 16 anos e 1.318 de 17). Uma queda de 25% registrada na década: em março de 2012, o número de votantes era de 2.469 (535 de 16 anos e 1.934 de 17). Quando analisados os dados de 20 anos atrás, a queda é ainda maior, de 62%. Nas eleições de 2002, a cidade tinha 4.832 jovens eleitores (1.269 aos 16 anos e 3.563 aos 17).


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade