Pesquisar

Canais

Serviços

iStock
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Depois de um ano e meio

Prefeito de Londrina libera visitas em asilos, mas com medidas de segurança

Rafael Machado/Grupo Folha
23 nov 2021 às 17:55
Continua depois da publicidade

O prefeito Marcelo Belinati (PP) flexibilizou a visita de familiares em quatro asilos e 18 casas de repouso conveniados com o município. O decreto que impedia a visitação por causa do risco de contaminação da Covid-19 valia desde maio de 2020 e foi revogado na última segunda-feira (22). 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A nova determinação, que foi publicada no Jornal Oficial, afirma que o contato presencial com os idosos deverá seguir regras de prevenção estabelecidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a Sesa (Secretaria Estadual de Saúde). Desde o início da pandemia, dois asilos, um particular e outro com convênio firmado com a prefeitura, enfrentaram surtos da doença.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


"Apesar dessa flexibilização, as visitas só serão liberadas depois que a Vigilância Sanitária aprovar o plano de prevenção apresentado por cada instituição. Os idosos sofreram muito com esse isolamento. Tiveram piora no quadro geral, seja ela cognitivo, motor ou social. Muitos andavam e não andam mais. Outros desenvolveram ansiedade e depressão pela falta do convívio", explica a secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini.


CONTINUE LENDO: Videochamadas foram o meio de manter vínculos com parentes dos idosos durante a pandemia

Continue lendo