Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Atraso

Prefeitura pode romper contrato em obra da UBS Vivi Xavier em Londrina

Micaela Orikasa - Grupo Folha
11 jan 2022 às 17:13
Continua depois da publicidade

Na semana passada, a FOLHA noticiou o atraso nas obras da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Vivi Xavier, na zona norte de Londrina, e nesta terça-feira (11), o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, esteve no local para fiscalizar o serviço.  

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


No momento, apenas quatro funcionários trabalhavam na obra e, segundo o engenheiro da prefeitura, Eulito Bazoni, os serviços já deveriam estar na fase de acabamento. “Tinha pouco serviço para ser feito, mas somente 10% do projeto foi executado”, afirmou.  

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


A ordem de serviço foi assinada no dia 17 de novembro, mas os trabalhos só começaram na segunda semana de dezembro, e o prazo inicial para entrega da UBS é de 90 dias. “É um descaso com o dinheiro público e com a saúde da população. Vamos convocar o dono da construtora para uma reunião porque a obra está atrasada sem justificativa”, ressaltou Canhada.


A empresa de Mauá da Serra (Centro-Norte), que já foi notificada uma vez, receberá outra penalidade nesta data “e se for preciso, vamos romper com o contrato. Eles têm o prazo de uma semana para fazer a obra andar”, pontuou.


Os serviços previstos para a UBS do Vivi Xavier incluem nova instalação elétrica e hidráulica, móveis sob medida, pintura de paredes, pisos, teto e esquadrias metálicas; substituição das louças sanitárias, com instalação de um banheiro adaptado para Pessoas com Deficiência (PCD); regularização de contrapiso e instalação de novo piso; revestimento cerâmico nas paredes, revisão da estrutura do telhado e substituição das telhas; dentre outros. (Com N.Com)

Continue lendo