29/03/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Saiba mais

Pronto Atendimento do Leonor fecha para reforma e ampliação

O Pronto Atendimento do Jardim Leonor está fechado desde a manhã de sábado (1º) por conta de obras de reforma no local. Os usuários que precisarem dos serviços, devem se dirigir às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Jardim do Sol e do Sabará. A equipe do PA Leonor estará atuando nestas unidades, que funcionam 24 horas, todos os dias.

Arquivo/N.Com
Arquivo/N.Com


O PA do Leonor foi implantado no final da década de 1970 e desde 2003 não recebia melhorias ou intervenções significativas em sua estrutura. O objetivo da recuperação, que já está em andamento, é promover melhorias nos espaços, facilitar o fluxo de trabalho, além de promover adequação aos serviços de emergência em saúde e melhorar a qualificação do atendimento aos pacientes.

A empresa que está executando a reforma é a Construtora Regioli, que possui o prazo aproximado de sete meses para entregar as obras, contados a partir da entrega da Ordem de Serviço, que ocorreu no início de janeiro.

A reforma do PA Leonor prevê correção dos problemas de rachaduras e infiltrações, revisão de esquadrias metálicas e execução de revestimentos cerâmicos em paredes, revisão e readequações das instalações hidráulicas e dos banheiros com acessibilidade, alterações nas instalações elétricas, além de outras melhorias. O local também deverá receber a instalação de aparelhos ar condicionado, novos reservatórios de água, instalações de torneiras automáticas, substituição de vasos sanitários e lavatórios.

Durante a assinatura da ordem de serviço, o prefeito Marcelo Belinati lembrou que o PA do Leonor, inaugurado há cerca de 40 anos, foi um dos primeiros do Brasil em atendimento 24 horas, e se tornou referência no cenário nacional. Ele destacou que o local necessita de uma ampla reforma de sua estrutura, que foi se deteriorando ao longo do tempo, para atender os servidores e a comunidade com mais qualidade.

Avanços

A reforma das unidades de saúde fazem parte do Programa de Reestruturação da Saúde Pública de Londrina, iniciado em 2017. Desde então, a Prefeitura já entregou 17 unidades totalmente reformadas: UBSs do Panissa, do CSU, Pind, Vila Casoni, Ernani Moura Lima, Carnascialli, Jardim do Sol, Alvorada, Selva, Warta, Paiquerê, Maria Cecília, Piza e João Paz, CAPS Infantil, Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e Farmácia Municipal.

Além dessas, o Município está construindo duas novas UBSs, na Vila Fraternidade e no Santa Rita, e passam por reformas as unidades de Lerroville, Maravilha, Jardim Ideal, Marabá, Eldorado, Cabo Frio, Campos Verdes, Jamile Dequech, Vila Brasil, Patrimônio Regina e Santiago, Pronto Atendimento Infantil (PAI) e Maternidade Municipal.
N.Com
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Na pandemia
Papa pede fim de todas as guerras por causa do coronavírus
29/03/2020 11:45
Obituário
Falecimentos dos dias 28 e 29 de março de 2020 em Londrina e região
29/03/2020 11:16
Obituário
Falecimentos dos dias 27 e 28 de março de 2020 em Londrina e região
28/03/2020 18:34
Assista!
De helicóptero, padre dá bênção aérea a Cambé
28/03/2020 16:07
Suspensa pelo Covid-19
SRP define até 10 de abril se transfere Expo ou devolve ingressos
28/03/2020 14:16
Veja mais e a capa do canal