Pesquisar

Canais

Serviços

Gustavo Carneiro/Grupo FOLHA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Trabalho social

Mãe entrega marmitas solidárias após morte do filho em Londrina: "Da minha dor, eu faço amor"

Micaela Orikasa/Grupo FOLHA
17 nov 2021 às 08:16
Continua depois da publicidade

Uma mensagem de fé acompanhada de uma boa refeição. Nas marmitas que a diarista Esmeralda Messias Pereira, 53, distribui pelas ruas de Londrina, há um tempero especial em cada receita: o amor. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Foi esse o caminho que a londrinense encontrou para aliviar a dor da morte do filho Matheus, em decorrência do câncer.  

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O jovem descobriu a doença em junho de 2020 e faleceu sete meses depois. “Neste ano ele iria se formar em direito pela UEL. Era um menino muito estudioso e também muito ligado à Igreja. Era muito solidário e por várias vezes ia entregar doces nas creches”, lembra a mãe, com a voz trêmula.  


As lembranças do filho caçula estão a todo momento acompanhando Pereira, especialmente quando ela está no fogão. Há cerca de três meses, ela deu início ao projeto Matheus – Marmitas Solidárias. 


Continua depois da publicidade

Com a ajuda da comunidade, que colabora com doações de alimentos e dinheiro, Pereira prepara 100 marmitas todas as quartas-feiras para amenizar a fome de homens e mulheres que vivem nas ruas. Em cada uma delas, ela escreve uma mensagem de fé e esperança.  


Na Folha de Londrina, saiba mais sobre o trabalho social.


Continue lendo