Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Oportunidades em Londrina

Com Lei Paulo Gustavo, Fiep lança cursos com 3 mil vagas de formação para o audiovisual

Redação Bonde com AEN
30 mar 2024 às 20:00
- Kraw Penas/Seec
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura e com recursos da Lei Paulo Gustavo no Paraná, o Sistema Fiep lançou cursos gratuitos para formação de profissionais para o setor de audiovisual. 


As inscrições estão abertas para cursos gratuitos de cinema, televisão e mídias digitais. A iniciativa envolve o Sesi (Serviço Social da Indústria) e Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Ao todo, com a inclusão de mais vagas para Pato Branco, são ofertadas 3.015 vagas, sendo 2 mil delas para todo o Estado, organizadas entre cursos de microcinema para videomaker, produtor de locação, e setor audiovisual e mostra de produção.

Leia mais:

Imagem de destaque
Santo das causas impossíveis

Festa de Santo Expedito será promovida neste sábado e domingo em Apucarana

Imagem de destaque

Rompimento de adutora afeta abastecimento em bairros de Apucarana

Imagem de destaque
Entenda

Saúde não vai ampliar faixa etária de vacinação contra a dengue no PR

Imagem de destaque
Ataque de fúria

Durante espera por atendimento, mulher destrói computadores de unidade de saúde de Rolândia


As outras 1.015 vagas restantes estão organizadas entre os cursos rápidos de Animação; Assistente de Câmera e Vídeo; Assistência de Direção; Captação de Som; Direção de Fotografia (aplicações práticas); Inclusão Digital para o Mundo de Trabalho; Produção de Figurino; Produção Executiva; e Roteiro e Quadro de Produção, distribuídos entre os municípios de Campo Largo, Campo Mourão, Cascavel, Dois Vizinhos, Guaratuba, Londrina, Paranaguá, Pato Branco, Pinhais, Realeza, São Miguel do Iguaçu e Telêmaco Borba.

Publicidade


Todos os cursos têm emissão de certificados e serão ministrados por professores, mestres e doutores com formação e experiência na área.


Para a secretária da Cultura, Luciana Casagrande Pereira, projetos como o do Sistema Fiep são um exemplo de como os editais estaduais da Lei Paulo Gustavo atingem uma grande capilaridade por todo o Paraná. 

Publicidade


Imagem
Pista da 445 em Tamarana será bloqueada a partir de segunda para obras de viaduto
O DER/PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) informa que o tráfego de veículos na rotatória de acesso para Tam


“Nosso trabalho é fomentar a cultura por todo o Estado e em todas as suas etapas, desde a formação de profissionais qualificados e especializados, até a produção e apresentação de produtos finais”, diz. “Os recursos do edital destinados ao projeto da Fiep é um perfeito exemplo dessa união entre descentralização da cultura e o fortalecimento da cadeia produtiva”.


"Este é um projeto que se destina a pessoas que desejam se capacitar e se desenvolver na área do audiovisual. Por meio desta iniciativa, estamos disponibilizando aos jovens uma formação profissional para que conheçam o setor, que trabalha com produções de cinema, filmes, documentário e animações, além de produções para mídias interativas e redes sociais", diz Jacielle Feltrin Vila Verde Ribeiro, gerente de Educação e Negócio no Sistema Fiep.  

Publicidade


MATRÍCULAS 


Voltado para alunos de escolas públicas, filhos e trabalhadores de indústria e comunidade em geral, incluindo o público 60+, existem opções de cursos tanto no formato presencial quanto de EaD (Educação a Distância). Para efetivar a matrícula é necessário que os interessados residam no munícipio com a oferta de interesse.


O projeto prevê, ainda, curso especial de inclusão digital, abrangendo pacote office e uso da internet, também voltado para o público 60+, jovens a partir de 16 anos com ensino fundamental incompleto e pessoas assistidas assistencialmente.


A iniciativa segue até de novembro de 2024. Todas as informações a respeito de cada um dos cursos, calendário de inscrição dos municípios parceiros, assim como critérios e passo a passo para matrícula, estão disponíveis nesta página.


Imagem
Começa no dia 1° de abril a temporada 2024 do pinhão no Paraná
O IAT (Instituto Água e Terra) do Paraná, orienta que a semente do pinhão, um dos mais emblemáticos símbolos do estado, já poderá ser colhida, armazenada e comercializada a partir da próxima segunda-feira (1º). A medida, contudo, só é válida para pinhões.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade