Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ponta Grossa

Governo autoriza ampliação da rede de gás natural

Redação Bonde
19 nov 2007 às 18:31
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O governador Roberto Requião autorizou nesta segunda-feira (19) a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) a promover a ampliação da rede de distribuição de gás natural em Ponta Grossa. As obras do projeto Ponta Grossa II prevêem investimentos de R$ 10 milhões para a construção de 13 quilômetros de rede, com potencial para atender clientes dos segmentos comercial, industrial e veicular, e serão concluídas em no máximo 11 meses.

Durante o período de obras, serão gerados cerca de 50 empregos diretos e centenas de empregos indiretos. Dos 13 quilômetros de rede que serão ampliados, dez dentro do perímetro urbano, praticamente atravessando o centro, entre o Trevo Vendrami, na saída Sul, e a Zona Norte da cidade, na altura da Metalgráfica Iguaçu.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O presidente da Compagas, Luiz Carlos Meinert, disse que o empreendimento consiste na implantação no centro urbano da cidade da chamada linha-tronco, que atenderá com gás natural indústrias, grandes empresas comerciais e postos de venda de gás natural veicular. Já as residências e condomínios, por exemplo, devem aguardar os estudos para implantação dos ramais, após a conclusão deste projeto.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crime de estupro

Dois homens condenados por crimes sexuais são presos em Campo Mourão

Imagem de destaque
Crime ocorreu em 2017

Homem condenado por estuprar a própria neta é preso em Maringá

Imagem de destaque
24,2% inadimplentes

75,8% dos veículos tributados já pagaram IPVA de 2024; veja como regularizar

Imagem de destaque
Atenção!

Apagão cibernético atinge sistema tributário da prefeitura de Rolândia


A nova rede de gás será implantada a partir da região em que existe uma válvula de bloqueio instalada, em frente à Cervejaria Femsa (Kaiser). De lá, segue margeando a Rodovia BR-376 até o Trevo Vendrami. Em seguida, a linha tronco continua pela Avenida Visconde de Mauá, depois pela Rua Franco Grillo, de onde alcançará a Rua D. Pedro I, voltando a seguir pela Visconde de Mauá e, pela ordem, Rua Paula Xavier, Visconde de Nácar e Pastor Fugman.


Num primeiro momento, existem quatro pré-propostas de estabelecimentos interessados em revender gás natural veicular, ao longo dessa linha-tronco, inclusive, na região central da cidade e nas proximidades da Rodovia BR-376.

O prefeito Pedro Wosgrau Filho garantiu que a prefeitura está tomando todas as providências para acompanhar a execução das obras com o menor impacto possível no fluxo de tráfego, assim como para garantir a maior segurança aos trabalhadores e transeuntes.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade