Pesquisar

Canais

Serviços

- Osvaldo Ribeiro - Sesp
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
No Parque Barigui

Policia elucida latrocínio ocorrido em 2008

Redação Bonde com Sesp-PR
26 mar 2010 às 23:49
Continua depois da publicidade

Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos elucidaram o latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou Juliano da Silva Kogi, 24 anos, em novembro de 2008. Em uma operação na quinta-feira (25), para cumprir mandados de prisão, busca e apreensão, os agentes localizaram no bairro Uberaba o autor do crime, Guilherme Althoff Rodrigues, 23 anos. Contra ele já existia um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com a polícia, a vítima passeava com uma amiga na noite de 15 de novembro pelo Parque Barigui, quando foram abordados por dois homens que lhes deram voz de assalto. Kogi resolveu correr e foi atingido por um tiro que o acertou na nuca. Ele morreu no local e os criminosos fugiram levando o seu celular, o que caracterizou o latrocínio.

Continua depois da publicidade


Durante as investigações os policiais conseguiram levantar a identidade dos suspeitos e a Justiça expediu os mandados de prisões preventivas. Em maio do ano passado um deles, Giovani Faciocchi Oliveira, 20 anos, foi preso em flagrante com drogas na cidade de Guaíra. Ele continua preso na cadeia de Terra Roxa, à disposição da Justiça.


Na tarde de quinta-feira (25), os policiais prenderam Rodrigues em uma residência. Na delegacia ele foi reconhecido pela jovem que acompanhava Kogi no dia do crime, como autor do disparo. Após prestar depoimento o criminoso foi removido para o Centro de Triagem II, em Piraquara, onde fica a disposição da Justiça.

Arrombador – Em uma operação realizada nesta semana, policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), prenderam em Curitiba, nas proximidades do Terminal Guadalupe, André Luiz Mendonça, 41 anos. Ele estava sendo procurado por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos, onde foi entregue, por ser o responsável, segundo as investigações, por vários arrombamentos a apartamentos na cidade desde o ano passado. Quando percebia que um imóvel estava vazio ele estourava o miolo da fechadura, juntava tudo que conseguia carregar e desaparecia. Duas vitimas já reconheceram objetos que foram retirados dos seus apartamentos. Pelas evidências apuradas, Mendonça foi indiciado por furto qualificado e vai aguardar preso por decisão da Justiça.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade