30/07/21
PUBLICIDADE
Teletrabalho

Ratinho Jr. estuda adoção de modelo híbrido permanente de trabalho para servidores

Pixabay
Pixabay


Adotado pelo Governo do Estado durante a pandemia da Covid-19, o teletrabalho trouxe resultados expressivos em economia e produtividade. Ferramentas online como o eProtocolo e o Sistema de Gestão de Materiais e Serviços (GMS) deram agilidade ao trabalho dos servidores e permitiram a realização de tarefas de forma remota e segura.

O prazo médio para o término de um processo licitatório, por exemplo, caiu quase 50% com a introdução da tecnologia digital. Também houve redução significativa de custos. Só com deslocamento, o governo economizou R$ 47,3 milhões, entre manutenção e abastecimento de veículos e viagens oficiais.

Com os resultados e a experiência obtida, o governo estadual iniciou estudos para avaliar a viabilidade da adoção do teletrabalho no pós-pandemia. O projeto está sendo desenvolvido em conjunto pela Casa Civil e a Secretaria da Administração e da Previdência.

"Adotamos o teletrabalho numa emergência e para funcionar tivemos que acelerar projetos e adaptar a forma de gestão para permitir a execução eficiente do trabalho de forma remota. Os resultados mostraram que esta é uma alternativa viável, que pode ser uma opção em algumas atividades do governo”, explica o chefe da Casa Civil, Guto Silva.

A opção mais viável, adianta Silva, deve ser por um modelo híbrido, que mescle o ambiente remoto e o físico, considerando atividades que não necessitem da presença permanente do servidor no local.

Equipes da Seap e da Casa Civil analisam as melhores possibilidades e como os servidores que estiveram e ainda estão trabalhando de casa lidam com esse modelo. Dos cerca de 140 mil servidores ativos, 75% chegaram a exercer suas funções em teletrabalho. Atualmente, 5.097 pessoas continuam atuando de forma virtual.

"Isso é o que está sendo discutido no momento, como fazer essa transição, a adaptação dos servidores e as mudanças necessárias para a implantação de um modelo híbrido no Estado”, informa o secretário da Administração e da Previdência, Marcel Micheletto.

EXPERIÊNCIAS – Na terça-feira (22), numa teleconferência com Silva, Micheletto e equipes das duas áreas do governo, gestores de RH de grandes empresas que optaram pelo regime híbrido de teletrabalho de forma permanente contaram suas experiências.

Todos destacaram o potencial oferecido pelo trabalho remoto para aumentar a produtividade, reduzir custos da organização e beneficiar os funcionários, que deixam de perder tempo com locomoção e podem desfrutar de um período maior com a família.

Para que dê certo, no entanto, alertaram para a necessidade de manter a comunicação e o relacionamento entre as pessoas nesse novo ambiente. E também de adaptar a forma de gestão, que deve ser baseada na confiança. Assim, o rígido controle de horário perde força e ganha destaque o monitoramento da eficiência, o resultado final do trabalho, por exemplo.

"É uma mudança não apenas de gestão, mas cultural”, define Guto Silva. "É preciso manter a comunicação entre as equipes, porque delas resultam ideias, inovações; fortalecer a comunicação interna no processo de transição; colocar as pessoas em primeiro lugar, garantindo que o modelo seja bom para todos, e ter a segurança tecnológica necessária para a execução do trabalho”.
AEN
Continue lendo
Conversa fiada

Após ataques de Bolsonaro às eleições, Lira diz não ver chance em PEC do voto impresso

30 JUL 2021 às 15h38
Cobrança de propina para visto

Haitianos conseguem vir ao Brasil sem visto após denúncia de irregularidades

30 JUL 2021 às 15h23
'Crime anunciado'

Ex-funcionários da Cinemateca listam acervo perdido no incêndio e criticam Bolsonaro

30 JUL 2021 às 15h05
Tragédia

Bombeiros ainda lutam contra fogo na Cinemateca após 15 horas de incêndio

30 JUL 2021 às 14h58
Dados da Pnad

Segundo o IBGE, informalidade no mercado de trabalho sobe para 40%

30 JUL 2021 às 11h27
Atenção ao CTB

CMTU começa a fazer remoção de veículos abandonados ou apreendidos; veja taxas cobrada

30 JUL 2021 às 11h00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados