20/10/20
PUBLICIDADE
Entre 2019 e 2020

Sanepar está plantando 45 mil árvores em unidades do Norte do Paraná

Divulgação
Divulgação


Reforço em matas do entorno de unidades de água e esgoto melhoram fauna e flora


A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está plantando 45 mil árvores no entorno de unidades de água e esgoto no Norte do Estado. Trata-se de programas de enriquecimento florestal e de cortina verde, atendendo legislações diversas. Neste mês, foi finalizado o plantio do lote de 15 mil mudas contratado em 2019. Às margens do Ribeirão Barra Nova, em Apucarana, na unidade de captação de água Poço 28, foram plantadas 270 árvores. Outras 730 foram plantadas, ainda em 2019, na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Barra Nova.

A agrônoma Sandra Silveira, coordenadora do projeto na Sanepar, diz que o trabalho visa auxiliar na restauração da Floresta Estacional Semidecidual, parte do bioma Mata Atlântica do Interior. Segundo ela, este é o bioma mais degradado do Estado do Paraná, restando menos de 3% da cobertura original.

LEIA TAMBÉM:

Dia da Árvore com plantio de 550 mil mudas em todo o Paraná

Primavera começa ensolarada em quase todo o Paraná; veja previsão

O primeiro lote das 15 mil árvores plantadas entre 2019 e 2020 foi de 140 espécies nativas, numa área de 109 hectares, em 25 municípios, desde o Norte Pioneiro até o Vale do Ivaí e Paranapanema. Além de Apucarana, os plantios foram feitos em Marilândia do Sul, Cambé, Tamarana, Londrina, Arapongas e Santo Antônio da Platina.

A definição das espécies segue pesquisa da vegetação local. "Nossos plantios buscam aumentar a diversidade, com ênfase em espécies produtoras de alimento para os animais locais”, destaca Sandra, sobre o grande potencial de multiplicação das espécies da flora e da fauna, que também ganha abrigo.

Outras 30 mil mudas serão plantadas no Parque Estadual João Milanez em Londrina, conhecida como Fazenda Refúgio, onde está instalada a ETE Sul. "A formação de uma barreira de isolamento no entorno das ETEs, significa minimizar odores do processo de tratamento de esgoto por meio da verticalização dos ventos”, explica Sandra.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Plenário do STF

Eleitor não será obrigado a portar o título para votação

20 OUT 2020 às 14h22
Confira!

Saiba quais são os desafios do novo chefe da 10ªSDP de Londrina

20 OUT 2020 às 12h22
Polícia Civil

Novo delegado-chefe de Londrina assume cargo e diz que não tolerará corrupção

20 OUT 2020 às 11h56
Oportunidade

Sine oferta vagas exclusivas para trabalhadores com deficiência em Londrina

20 OUT 2020 às 11h48
Com prescrição

Justiça proíbe portador de Mal de Parkinson de cultivar Cannabis sativa

20 OUT 2020 às 11h27
Calendário da Caixa

Beneficiários do Bolsa Família recebem nesta terça auxílio emergencial

20 OUT 2020 às 11h12
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados