Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Tarifa versus investimento

TC inicia auditoria nos pedágios da Rodonorte no Paraná

Redação Bonde com assessoria de imprensa
22 jul 2013 às 13:24
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Técnicos do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) iniciaram, nesta segunda-feira (22), auditoria na concessionária CCR Rodonorte, que opera sete praças de pedágio, em 567,78 quilômetros de rodovias paranaenses. O prazo de conclusão do levantamento técnico é de 90 dias. Depois, os apontamentos serão submetidos à defesa dos envolvidos, antes do julgamento do processo em plenário.

Os técnicos vão analisar o contrato, o custo das tarifas, o investimento e o estágio do cronograma de obras previstas na concessão, além da rentabilidade da empresa. A CCR Rodonorte opera o Lote 5 do Anel de Integração – formado por 381,5 quilômetros de rodovias federais e 186,28 quilômetros de rodovias estaduais.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Nesse lote estão algumas das mais importantes vias de ligação paranaenses, como a BR-376 (conhecida como Rodovia do Café, que une o Norte e o Noroeste do Paraná a Curitiba), o trecho da BR-277 entre Curitiba e São Luiz do Purunã e a PR-151, entre Ponta Grossa e Jaguariaíva. O fluxo médio diário dessas rodovias, segundo o site da empresa, soma 58 mil veículos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Veja vídeo:

Dunga e a esposa sofrem acidente na BR-116 na região metropolitana de Curitiba

Imagem de destaque
Região

Motorista embriagado é preso após acidente com policial militar em Arapongas

Imagem de destaque
Turismo é destaque

Paraná tem 2º maior crescimento do País em 12 meses, aponta IBGE

Imagem de destaque
Por conta do mau tempo

Em Ibiporã, evento de astronomia que aconteceria neste sábado é adiado para agosto


Tarifa e obras
Os técnicos do TCE já concluíram os relatórios de auditorias realizadas em duas concessionárias de pedágio do Paraná: Viapar e Ecocatatas. A Viapar opera o Lote 2 do Anel de Integração (BR 369, entre Cascavel e Londrina e BR-376, de Maringá a Paranavaí). A Ecocataratas é responsável pelo Lote 3, trecho da BR-277 que liga Guarapuava a Foz do Iguaçu.

Os relatórios das duas auditorias apontam que as concessionárias não executaram todas as obras previstas em contrato e cobram tarifas acima dos valores compatíveis com os serviços oferecidos aos usuários. Atualmente, os processos estão na fase de defesa. O TCE vai realizar auditorias nas outras três concessionárias que atuam no Paraná: Econorte, Caminhos do Paraná e Ecovia.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade