Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Problema no motor

Avião particular faz pouso forçado em área rural de Cambé

Redação Bonde
18 out 2023 às 14:33
- Luís Fernando Wiltemburg/Redação Bonde
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um avião de pequeno porte fez um pouso forçado, na manhã desta quarta-feira (18), em uma plantação de milho na Estrada da Prata, na zona rural de Cambé (Região Metropolitana de Londrina). O piloto Igor Alves, que é proprietário da aeronave, percebeu falhas no motor enquanto seguia de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, para Ourinhos (SP), na divisa com o Paraná.


O pouso ocorreu por volta das 9h30. A Polícia Militar compareceu no local e fez buscas no interior do avião, um Cessna com capacidade para duas pessoas, mas não encontrou nenhuma carga ilícita no interior. Equipe da PF (Polícia Federal) também estiveram no local e não encontrou irregularidades.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Igor Alves tem 26 anos e diz que pilota desde os 18 anos. Ele afirma que não é a primeira vez que precisa fazer pouso de emergência. Ele afirma que ia para Ourinhos porque mora em São Paulo e que o avião pertence à sua empresa, mas não revelou o ramo de atuação. Ele também encobriu o trecho da cauda em que consta o prefixo da aeronave.

Leia mais:

Imagem de destaque
32 toneladas de ração animal

Polícia Rodoviária Federal evita roubo de carga após carreta tombar na BR-369, em Andirá

Imagem de destaque
Conscientização

Polícia Militar apreende quatro carros e uma moto em blitz em Londrina

Imagem de destaque
Crime milionário

Homem suspeito de participar de assalto ao Banco Central é preso em Londrina

Imagem de destaque
Confronto com a Polícia Militar

Homem ameaça família, ex-companheira e policiais com faca e acaba morto em Londrina


O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), foi notificado e autorizou a remoção do monomotor. O avião passava por manutenção por volta das 17h15 no local e o problema ainda não havia sido identificado.


Uma das opções, segundo Alves, seria desmontá-la e levá-la para uma oficina de Londrina ou, dependendo do problema, seguir para outro estabelecimento de manutenção que ele já previa.


(Atualizada às 18h13)

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade