Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Veja vídeo

Londrinense acusado de matar mulher e filha dá detalhes a juíza sobre sua detenção

Redação Bonde
18 ago 2023 às 19:33
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Anderson Robson Barbosa, o londrinense acusado de assassinar sua mulher e filha enquanto estava no Japão e fugir em seguida, em agosto de 2022, explicou como vivia no Brasil quando foi detido durante cumprimento de mandado prisão expedido pela 13ª Vara Federal de Curitiba. Esse é o primeiro depoimento após sua prisão em 14 de julho. 


No depoimento na audiência de custódia, o réu reclamou, ao ser questionado pela juíza plantonista Amanda Stoppa, que conduziu a audiência, sobre supostas atitudes dos policiais que ele considerou agressivas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Anderson foi detido em julho de 2023 no interior de São Paulo, e levado para o Complexo Médico Penal de Curitiba. Por um tratado de cooperação entre Brasil e Japão, ele será julgado pela Justiça Federal.

Leia mais:

Imagem de destaque
EM PENSIONATO

Estudante de medicina brasileiro é encontrado morto em quarto no Paraguai

Imagem de destaque
Decisão provisória

Justiça proíbe líder de suposta ONG em Maringá de pedir dinheiro para tratamento de animais

Imagem de destaque
Constrangia a vítima

Bombeiro de Maringá é denunciado pelo Ministério Público por assédio sexual a oficial subordinada

Imagem de destaque
32 toneladas de ração animal

Polícia Rodoviária Federal evita roubo de carga após carreta tombar na BR-369, em Andirá


Na audiência de custódia, ele disse que estava saindo de casa com uma pessoa de 87 anos, da qual estava cuidando, e de uma outra pessoa que foi creditada por ele como "namorada". Eles teriam chamado um motorista de aplicativo para ir ao supermercado quando foram abordados por policiais. "Chegou a polícia gritando bastante - eram cinco ou seis policiais - apontaram a arma para todo mundo e disse 'desce do carro'", conta Anderson na audiência. 

Publicidade


Ele, em seguida, reclama do tom de voz da abordagem, que provoca constrangimentos aos vizinhos; diz que as algemas, no momento da detenção, foram desnecessariamente apertadas; que teve a cabeça pressionada contra a parede do apartamento; e que, no camburão, não lhe foi colocado o cinto de segurança. Questionado, ele disse que não saberia identificar os policiais pelo nome e afirmou que, após o momento da detenção, não teria sofrido mais nenhuma violência física ou moral.


Publicidade

Barbosa não revelou detalhes do crime neste primeiro depoimento à Justiça Federal. 


Imagem
Mulher e filha são assassinadas no Japão; marido londrinense está desaparecido
A família do londrinense Anderson Robson Barbosa, 33, foi assassinada no Japão na cidade de Sakai, província de Osaka, Japão, e ele está desaparecido.

Duplo homicídio

Publicidade


A Justiça Federal acatou a denúncia contra Anderson Barbosa na última terça-feira. Ele vai responder pelo feminicídio de Manami Arakami, que tinha 29 anos e nacionalidade japonesa, e pelo homicídio da filha Lily. No caso da esposa, são agravantes do crime motivo fútil, emprego de meio cruel e meios que dificultam a defesa da vítima. No caso de Lily, os agravantes são o fato de se tratar de menor de 14 anos e pelo grau de parentesco, além da motivação de tentativa de ocultação do crime. 


O advogado de defesa de Barbosa, Jessé Conrado, informou que as testemunhas de defesa serão chamadas ao processo “e revelarão fatos importantes que demonstrarão que a acusação é injusta e excessiva”.


LEIA MAIS AQUI:

Imagem
Justiça Federal acata denúncia contra londrinense suspeito de matar a família no Japão
A Justiça Federal acatou, nesta terça-feira (15) a denuncia contra o londrinense Anderson Robson Barbosa, acusado de matar a mulh
Imagem
Londrinense suspeito de matar mulher e filha no Japão é preso pela PF em SP
A PF (Polícia Federal) prendeu na tarde desta sexta-feira (14), em São Paulo (SP), o londrinense suspeito de ter matado a filha e a esposa em agosto de 2022, na cidade de Sakai, província de Osaka, no Japão.


Confira o vídeo da audiência:


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade