Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Até R$70 mil a vaga

PF prende 6 acusados de vender vagas em universidades

Redação Bonde
30 abr 2007 às 14:27
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Operação Vaga Certa da Polícia Federal prendeu seis pessoas na manhã desta segunda-feira (30). A operação, na ativa há oito meses, visou combater a venda ilegal de vagas em universidades públicas brasileiras. As prisões foram feitas no Rio de Janeiro, Ceará, São Paulo, Minas Gerais e Paraná.

O líder do esquema, O.V., residente no Ceará, que já está com a prisão decretada, deve se apresentar à polícia hoje. Ele seria o responsável por identificar e recrutar os melhores alunos de cursinho ou calouros de boas universidades públicas para fazer as provas dos vestibulares no lugar dos candidatos inscritos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Os alunos recrutados, chamados de "Pilotos", recebiam até R$ 6 mil por cada aprovação que conseguiam. O.V., estudante de medicina, também atuava como piloto.

Leia mais:

Imagem de destaque
Rodovias

Carro é flagrado pelo radar da PRF a 213 km/h em Tibagi

Imagem de destaque
Um dos mais procurados

Suspeito de cometer diversos crimes no Paraná é preso no Maranhão

Imagem de destaque
Suspeito de praticar furtos

Homem morre após confronto com a PM em Cambé

Imagem de destaque
Ficou 17 anos foragida

Mulher acusada de matar a própria filha pela guarda do neto é presa em Marilândia do Sul


Os envolvidos no esquema e os alunos pilotos estão detidos na sede da Polícia Federal do Ceará prestando depoimento.

O grupo também comercializava a transferência de universitários aprovados em universidades particulares para universidades federais e estaduais. Cada vaga era comercializada por até R$ 70 mil.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade