Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Briga com colega

Presa suspeita de incendiar fábrica de plásticos em que trabalhava no Paraná

Redação Bonde com AEN
23 jun 2016 às 16:54
- Divulgação/Polícia Civil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma mulher de 22 anos, autora de um incêndio criminoso que causou um prejuízo de R$ 1 milhão a uma fábrica de plástico, foi autuada pela Polícia Civil de Araucária (Região Metropolitana de Curitiba) na quarta-feira (22).

A jovem foi detida no município de Apiaí, Estado de São Paulo (SP), através do cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedida pela Vara Criminal de Araucária. Sua prisão aconteceu depois que a equipe de investigação da unidade policial descobriu o seu paradeiro.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"Após descobrimos onde a suspeita estava residindo, entramos em contato com a Polícia Civil de São Paulo para nos auxiliar no cumprimento do mandado", relata o delegado-titular da Delegacia de Araucária, João Marcelo Renk Chagas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Ia viajar?

GM recaptura homem com mandado de prisão em aberto na rodoviária de Londrina

Imagem de destaque
Operação Veneno Injetado

Denarc de Maringá investiga empresário suspeito de distribuir anabolizantes e abortivos

Imagem de destaque
Mais de um século de cadeia

'Maníaco da Torre' é condenado pela 5º vez por assassinatos em série em Maringá

Imagem de destaque
Operação da Polícia Federal

Homem é preso por armazenar imagens de abuso sexual infantil em Rolândia


Investigações apuraram que o crime ocorreu no dia 19 de dezembro do ano passado, durante uma festa de confraternização de final de ano na empresa, depois que a suspeita – na época funcionária – brigou uma pessoa que também trabalhava no local.

Questionada pela polícia sobre o incêndio, a jovem negou a prática do crime. Ela foi encaminhada para a Delegacia de Araucária e permanece presa à disposição do Poder Judiciário.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade