Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
No oeste do Paraná

PRF e Denarc apreendem 34 pistolas e 2.300 munições

Redação Bonde com PRF
22 fev 2019 às 09:28
- Divulgação/PRF
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em conjunto com o Denarc da Polícia Civil, apreendeu na noite de quinta-feira (21), 34 pistolas calibre 9 mm, 2.319 munições de diversos calibres e 29 carregadores de diversas capacidades de munições em Santa Terezinha de Itaipu, oeste paranaense.

Por volta das sete horas, agentes da PRF e da Polícia Civil abordaram um veículo GM Corsa Pick-up na BR-277, em frente à Unidade Operacional da PRF em Santa Terezinha de Itaipu. Durante a abordagem, o motorista, um homem de 49 anos, demonstrou muito nervosismo, o que levou os policiais a aprofundarem as buscas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Dentro da caçamba, em um local preparado para ocultar objetos, os agentes encontraram e apreenderam todo o material a seguir:

Leia mais:

Imagem de destaque
Sem documentação de origem

Ônibus é apreendido com mercadorias contrabandeadas na região de Londrina

Imagem de destaque
R$ 90 Milhões em droga

Meia tonelada de cocaína é apreendida pela polícia na região de Maringá

Imagem de destaque
65 policiais envolvidos

Grupo ligado ao tráfico de drogas é alvo de operação em Maringá nesta sexta

Imagem de destaque
Duas ações diferentes

Polícia Civil apreende seis armas de fogo e munições em Ibiporã


– 1.759 munições calibre 2,23mm;
– 560 munições calibre 5,56mm;
– 13 carregadores de capacidade para 30 munições;
– 15 carregadores sobressalentes para pistolas 9mm;
– 1 Carregador de fuzil 5,56mm;
– 8 pistolas Bersa 9 mm de origem argentina;
– 1 pistola Ruger 9 mm de origem norte-americana;
– 20 pistolas 9 mm MC21 de origem turca;
– 4 pistola 9 mm Girsan de origem turca;
– 1 pistola 9 mm Sarsilmaz B6 de origem turca.

Publicidade


Aos policiais, o motorista disse que entregaria o arsenal em Toledo. Diante dos fatos, ele foi encaminhado para a Polícia Federal para o registro dos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tráfico internacional de armas.


Como as munições e os armamentos são de uso restrito e todas as pistolas estão com a sua numeração raspada, o crime se configura como hediondo, portanto, inafiançável.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade