Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Olha o golpe!

Sanepar alerta para falsos sites que usam nome da companhia para enganar clientes

AEN
09 nov 2023 às 17:41
- Pexels
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Sanepar alerta a população para que redobre os cuidados e a atenção ao buscar na internet os canais da Companhia de Saneamento do Paraná. O site oficial é www.sanepar.com.br. Qualquer variação que use o nome da empresa, não deve ser acessado. O mesmo ocorre com o WhatsApp - o número da Sanepar é (41) 99544-0115.


Nas últimas semanas, criminosos estão criando sites em que usam o nome da Sanepar, com variações, com o objetivo de enganar os clientes e obter o pagamento de contas, com falsos boletos ou com o uso de contas bancárias pessoais.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A Sanepar já registrou o caso na Polícia Civil para que seja feita a devida investigação. Os episódios de fraude não se referem à invasão nos canais da Sanepar, que são seguros e confiáveis. São sites falsos que simulam os da Companhia.

Leia mais:

Imagem de destaque
Um adolescente apreendido

Polícia Civil apreende 921 pedras de crack em operação deflagrada em Arapongas

Imagem de destaque
Ia viajar?

GM recaptura homem com mandado de prisão em aberto na rodoviária de Londrina

Imagem de destaque
Operação Veneno Injetado

Denarc de Maringá investiga empresário suspeito de distribuir anabolizantes e abortivos

Imagem de destaque
Mais de um século de cadeia

'Maníaco da Torre' é condenado pela 5º vez por assassinatos em série em Maringá


Confira as orientações

Publicidade


A Sanepar não envia QR Code ou chave PIX para pagamentos via PIX pelo WhatsApp ou SMS. O QR Code fica disponível somente em faturas, inclusive na segunda via. 


Ao fazer pagamento via PIX o cliente deve sempre conferir se o destinatário é a Cia de Saneamento do Paraná – Sanepar, CNPJ 76.484.013/0001-45. O pagamento nunca é direcionado para pessoas físicas ou outros beneficiários.  

Publicidade


Evite clicar em links patrocinados que podem levam a sites falsos e induzir os clientes a ficarem suscetível a fraudes. 


Desconfie de mensagens dando desconto por pagamento via PIX. Na dúvida, entre em contato com a Sanepar pelos canais oficiais.


Caso tenha sido vítima de um golpe em que criminosos se passam por uma empresa, é possível entrar em contato com a instituição financeira de destino. O Banco Central criou um mecanismo conhecido como bloqueio cautelar. Com essa medida, a instituição pode fazer um bloqueio preventivo da conta da vítima por 72 horas.


Outra medida é registrar boletim de ocorrência na delegacia de polícia, munido de todos os documentos que comprovem o golpe do PIX. Em seguida, envie o B.O. à instituição financeira a fim de abrir uma contestação administrativa visando ressarcimento pelo banco.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade