Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Imbróglio

Barbosa minimiza decisão do STF sobre recurso de Belinati

Loriane Comeli - Redação Bonde
29 jun 2009 às 12:37
Barbosa Neto: decisão do STF não foi "reviravolta eleitoral", mas "o futuro a Deus pertence" - Folha de Londrina/Arquivo
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Da Europa, onde se encontra desde a última terça-feira (23) em uma missão comercial, o prefeito Barbosa Neto (PDT) comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que permitiu a tramitação do recurso chamado agravo de instrumento interposto por Antonio Belinati (PP), que ainda busca ser prefeito de Londrina.

"Essa decisão não significa nenhuma "reviravolta" nas eleições, como a imprensa quer fazer crer", criticou Barbosa em entrevista à Rádio Paiquerê AM. Ele afirmou que o "papel da imprensa é vender jornal e uma manchete como essa vende muito".

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Apesar da áspero ao falar sobre o assunto, Barbosa Neto disse estar "extremamente tranquilo" em relação à decisão. "Ainda tem o parecer do Ministério Público sobre a decisão da ministra Ellen Gracie e os ministros do TSE já decidiram esta questão", fazendo menção ao fato de que sete ministros do STF são os mesmos que julgaram o caso de Belinati no TSE. "O futuro a Deus pertence".

Leia mais:

Imagem de destaque
Relações internacionais

De Lula 1 a Lula 3, Brasil busca cavar espaço global em tensão com os EUA

Imagem de destaque
Quarta-feira

Julgamento em Londrina que pode cassar Mara Boca Aberta será dia 29

Imagem de destaque
R$ 30 mil

TSE multa Flávio, Zambelli e outros bolsonaristas por associar Lula a satanismo

Imagem de destaque
Segurança pública

Câmara aprova PL que reajusta salários e prevê alta de 27% a delegados da PF


No recurso de agravo, que agora tramita no STF por decisão da ministra Ellen Gracie, Belinati pede que seja anulada a sentença do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que anulou seu registro de candidatura dois dias após o segundo turno das eleições de outubro passado.

Quando Belinati venceu o segundo turno das eleições, Barbosa o apoiou. E, em março deste ano, no "terceiro turno", Belinati retribuiu a ajuda política. Em seus discursos, Barbosa sempre disse que o "legítimo prefeito de Londrina" era Belinati, que foi eleito pela maioria.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade