Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Em discurso

Dilma se emociona ao lembrar sua história

Agência Estado
01 jan 2011 às 16:44
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Em um discurso firme, a presidente Dilma Rousseff apenas embargou a voz ao final dos 40 minutos do seu pronunciamento, quando disse que a partir daquele momento era a presidenta de todos os brasileiros. "A partir deste momento sou a presidenta de todos os brasileiros, sob a égide dos valores republicanos", disse a petista, sendo interrompida em seguida por muitos aplausos dos presentes, que ainda gritaram seu nome.

Dilma dedicou a última parte do seu discurso para falar um pouco de sua trajetória de vida, lembrando que dedicou toda a vida "à causa do Brasil". "Entreguei minha juventude ao sonho de um país justo e democrático. Suportei as adversidades mais extremas infligidas a todos que ousamos enfrentar o arbítrio. Não tenho qualquer arrependimento, tampouco ressentimento ou rancor", afirmou, bastante emocionada, homenageando os companheiros de luta que não conseguiram chegar a este momento junto com ela.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Durante todo o seu discurso, Dilma foi interrompida pelos presentes por diversas vezes para aplausos. A primeira ocorreu logo no início, quando lembrou que era a primeira mulher a assumir o cargo de presidente do Brasil. Ao lembrar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, também recebeu aplausos, o que se repetiu longamente quando homenageou o vice-presidente José Alencar, que está internado em São Paulo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Agora SPVAT

Deputados federais de Londrina discordam sobre retorno do DPVAT

Imagem de destaque
'Bluesky'

Lula adere a rede rival de Musk após movimento da esquerda contra X

Imagem de destaque
Briga de engravatados

Após ser chamado de ‘incompetente’ na ExpoLondrina, ministro de Lula reage

Imagem de destaque
Entenda

STF forma maioria para ampliar foro especial, mas Mendonça interrompe julgamento


A promessa por medidas que modernizem o sistema tributário também mereceu aplausos, assim como a "luta obstinada" para erradicar a pobreza e o compromisso com a melhoria da qualidade da educação e da remuneração dos professores.

Dilma convocou duas vezes a sociedade a fazer o seu melhor para o Brasil. Num primeiro momento, para enfrentar juntos o desafio da erradicação da miséria e a segunda, para ressaltar que o tamanho de um país não é resultado apenas de um governo, mas de todo o seu povo. Ao final, pediu a bênção de Deus para o Brasil e para a paz mundial, o que foi um improviso ao texto do discurso oficial.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade