Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Tibagi e Saudade do Iguaçu

MP recomenda suspensão de shows de dupla sertaneja no PR por suspeita de superfaturamento

Luís Fernando Wiltemburg - Redação Bonde
14 mar 2024 às 19:18
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O MP (Ministério Público) do Paraná recomendou à Prefeitura de Tibagi (Campos Gerais) que suspenda a apresentação da dupla sertaneja Mato Grosso e Mathias, marcado para o domingo (17), véspera do feriado de aniversário de 152 anos da cidade. De acordo com a promotoria, o valor da contratação, de R$ 250 mil, é acima dos contratos estipulados com outras administrações municipais de outros estados.


Também por recomendação do MP por conta de valores de contratação, a Prefeitura de Saudade do Iguaçu (Oeste) cancelou a apresentação dos mesmos artistas no dia 18 de março e suspendeu toda a festividade, porque a administração municipal entendeu que a apresentação seria o grande momento da celebração. A orientação das promotorias, em ambos os casos, seria negociar valores de até R$ 175 mil ou cancelar o contrato.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Tibagi celebra a emancipação política em 18 de março com três dias de festa, com shows na orla do Rio Tibagi no sábado (16) e pescaria e exposição de veículos antigos no Parque Ecológico Passo do Rissetti, na segunda-feira (18). Entretanto, o show da dupla sertaneja de renome nacional é o expoente da celebração.

Leia mais:

Imagem de destaque
Acordo com MPPR

Ex-prefeito de Ivaiporã Pedro Papin vai devolver mais de R$ 1,3 milhão à Prefeitura

Imagem de destaque
Coronel do Exército

Alexandre de Moraes solta ex-assessor de Bolsonaro investigado por trama golpista

Imagem de destaque
Entenda!

Estudo avalia reduzir número de cidades da Região Metropolitana de Londrina

Imagem de destaque
Sai Alexandre de Moraes

André Mendonça, ministro do STF, é eleito para o TSE


Porém, para o MP, os valores de contratação dos artistas, de R$ 250 mil, daria indícios de superfaturamento, porque estão bem acima do acertado com outros municípios, como Verê, no Paraná, que pagou R$ 142.500 por uma apresentação em outubro passado, mesmo valor pago por Florínea (SP) há menos de três meses. Pato Bragado contratou os artistas para show a ser realizado no sábado (16) por R$ 175 mil – cifra que balizou a recomendação do MP.

Publicidade


Em comunicado oficial, a Prefeitura de Saudade do Iguaçu argumenta que apresentação foi suspensa para “evitar burocracias”, mas que não há superfaturamento ao se comparar os valores acordados em outros municípios, como Itaitiaiuçu (MG), que pagou R$ 220 mil; Nova Xavantina (MT), ao custo de R$ 222,5 mil; e São Gotardo (MG), pelo preço de R$ 250 mil. Leia o documento aqui.


Já a Prefeitura de Tibagi ainda mantém a programação do fim de semana. O assessor de comunicação do município, Tierri Angeluci, afirmou na tarde desta quinta-feira (14) que o prazo para responder ao MP ainda não havia terminado e que a procuradoria jurídica elaborava a contestação. Entretanto, ele não soube informar qual o motivo da escolha da dupla, nem os termos de negociação. A reportagem encaminhou um e-mail pedindo esclarecimentos com as pastas, mas, até o fechamento da reportagem, não havia obtido resposta.


A Adore Artes e Entretenimento, que agencia a Mato Grosso e Mathias, foi procurada por whatsapp – uma resposta automática adianta que dó trabalha com “eventos para prefeituras, sindicato rural ou corporativos – e por ligação telefônica, mas, não respondeu aos questionamentos enviados pelo aplicativo de mensagens, tampouco atendeu as ligações.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade