Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Tração animal

Vereadores votam contra Projeto de Lei que proíbe carroças em Londrina

Douglas Kuspiosz - Especial para a Folha
26 abr 2024 às 08:45
- Fernando Cremonez/Ascom/CML
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Carroceiros de Londrina lotaram as galerias da CML (Câmara Municipal de Londrina) nesta quinta-feira (25) para defender a derrubada do projeto de lei que buscava proibir o uso de veículo de tração animal na cidade. 


O PL n° 90/2023 foi proposto pelo vereador Deivid Wisley (Republicanos) e alterava o Código de Posturas (Lei n° 11.468/2011) para vedar “para qualquer fim” o uso das carroças.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O projeto indicava que a prefeitura poderia “fomentar e incentivar a substituição da tração animal pela propulsão humana ou mecânica, por meio de linhas de crédito como incentivo ou subsidiadas”.

Leia mais:

Imagem de destaque
Evento híbrido

Assédio eleitoral é tema de seminário no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná

Imagem de destaque
Atendimento a critérios

PL, PT e União vão receber 41% dos recursos do Fundo Eleitoral em 2024

Imagem de destaque
Projetos de Lei

Mérito do aumento salarial da GM é indiscutível, mas é preciso ter legalidade, diz presidente da Câmara

Imagem de destaque
Entenda

Entenda a medida provisória do governo que beneficia os irmãos Batista


Antes mesmo do texto ser votado, alguns vereadores já indicaram à reportagem que eram contra a proposta. Como altera um código do município, eram necessários pelo menos 13 votos favoráveis - tanto o PL original quanto o substitutivo apresentado pelo autor foram rejeitados com 12 votos contrários - além de Wisley, apenas Daniele Ziober (PP), Mestre Madureira (PP) e Flávia Cabral (PP) votaram "sim". 

Publicidade


Wisley concedeu entrevista após a votação e voltou a dizer que o uso das carroças “é um trabalho análogo a uma situação de maus-tratos” e que Londrina não comporta mais esse tipo de atividade.


“Infelizmente, os vereadores não entenderam dessa forma. É uma Casa democrática, cada um vota com aquilo que tem consciência. O projeto não passou, paciência. Nós vamos seguir fiscalizando e combatendo esse tipo de maus-tratos”, disse o parlamentar, que pediu votação nominal durante a discussão do PL. 

Publicidade


“Eu apresentei imagens aqui no plenário [de maus-tratos] e mesmo assim eles foram contra.”


A legislação londrinense - na teoria - já prevê o fim da tração animal. O Código de Posturas aprovado em 2011 determinou uma série de regras de transição para os trabalhadores e de cuidado com o bem-estar animal. 


Também, fixou um prazo de seis anos para acabar com essa atividade na zona urbana, conforme aponta o artigo 70.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Vereadores rejeitam projeto que proíbe carroças em Londrina
Conteúdo que analisa a proposta de lei que busca proibir o uso de veículos de tração animal em Londrina e seus possíveis impactos na comunidade. Saiba mais sobre o debate em torno desse tema delicado.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade