Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Da Pop Corn à Pop Music

06 mai 2005 às 11:00
Continua depois da publicidade

O universo pop é um "mundinho" cheio de particularidades, estrelas e vaidades. Para fazer parte dele tem gente que canta, dança, representa, reza (afinal o papa é pop) e até cozinha.
O termo que hoje acompanha quase todas as formas de manifestação cultural, ganhou notoriedade por classificar uma fórmula musical surgida na segunda metade do século passado, e que atualmente domina o mercado, a Pop music. Mas a falta de uma definição mais especifica fez do pop um conceito quase irrestrito.
Sua aplicação em larga escala acabou criando o que conhecemos por "cultura pop". Culturas são, mais ou menos, conjuntos de valores ou regras comuns a um determinado grupo de indivíduos. Na "cultura pop" não é diferente, diferente são os tais valores, sem falar nos indivíduos, no caso, um "pessoalzinho" bem estranho.
Como em todas as culturas, nessa também há elementos de unidade entre seus membros. Pode ser o vocabulário, a maneira de vestir-se ou a relação com a comida, que é o que interessa aqui. E o cardápio dos astros costuma ser recheado de histórias curiosas.
É bem verdade, que para várias figuras de destaque desse mundo pop (super modelos, belas atrizes...etc.) a relação com a comida não passa de uma mentira, quer dizer, elas fingem que comem ou então só comem coisas saudáveis, o que dá no mesmo.
Mas há os que não se preocupam tanto assim com as calorias, estes costumam ter uma vida gastronômica mais agitada, mas também não escapam de umas esquisitices. Veja o caso da banda de indie rock Placebo, que é liderada pelo andrógeno vocalista Bryan Molko. Em recente turnê pelo Brasil, os britânicos, conhecidos pelo visual "exótico", se recusaram, por meio de cláusula contratual, a comer carnes de cobra e macaco.
Menos conservador com relação a novas experiências gastronômicas do que seus compatriotas, o ex-vocalista do Black Sabbath Ozzy Osbourne, ficou famoso por ter saboreado um morcego durante uma de suas apresentações. Ozzy, ao encontrar o bichinho, jogado no palco por alguém da platéia, não se fez de rogado e foi logo dando uma mordida na iguaria que estava ainda crua, sendo provavelmente a primeira estrela a aderir ao Raw Food, dieta popular entre os famosos. Embora o "lanchinho" tenha causado um certo "revertério" à saúde do músico, com certeza não foi a coisa mais indigesta que um popstar já comeu, vide o caso Michael Jackson.
Mas nem só de sexo, bizarrices e rock’n roll se alimenta essa relação. Também há muita "atitude". O McDonald’s, um verdadeiro ícone pop, recentemente resolveu entrar na onda hip hop. Calma, não chegue no balcão cantando "dois hambúrgueres, alface, ié, ho...", você não vai ganhar nada com isso. Já os rappers norte americanos cada vez que colocarem as palavras big mac em uma de suas músicas vão embolsar um "big cachê". Fico só imaginando a qualidade das rimas "fast music": imac, soundtrack, Jack, black...
Bem junk food sempre foi mesmo figurinha carimbada nesse negócio de holofotes: coca-cola, McDonald’s e Donnuts sempre tiveram seus minutos de fama garantidos pelo merchandising, mas agora o fenômeno chegou à alta gastronomia. Já tem chef dando autógrafos por ai. Culinária virou moda, e pra não fugir a regra também aderiu ao hype do momento, os reality shows.
"Jamie’s Kitchen", programa apresentado pelo chef inglês Jamie Oliver (uma espécie de popstar das panelas), é um reality show no qual os participantes são jovens aspirantes a cozinheiro. No final quem conseguir agradar mais ao público e aos paladares alheios fica com um emprego no restaurante de Jamie, além de, quem sabe, uma proposta para posar na capa do Guide Michelin (a Playboy dos chefs de cozinha).
Essa mistura de "O Aprendiz" com "Mais Você" ainda não tem uma versão tupiniquim mas o que não falta por aqui são programas de culinária. Praticamente todos os canais tem o seu, e eles têm feito bastante sucesso. Ou vai dizer que você ainda não se deparou com um maravilhoso "Bolo de batata doce crua" na sobremesa do almoço de domingo? Sim, porque agora toda mãe, vózinha, tia...etc, virou gourmet de fim de semana e aplica com afinco no cardápio familiar tudo que aprende na tv.
Até a MTV, emissora pop por excelência, tem o seu exemplar do gênero. Um programa comandado por João Gordo, vocalista da banda Ratos de Porão, vai ao ar em determinadas épocas do ano e conta sempre com convidados ilustres. As personalidades do pop preparam alguma de suas receitas favoritas demonstrando ou não suas habilidades na cozinha.
Mas mesmo antes desse sucesso todo no show televisivo, a comida já circulava no mainstream artístico. Quem não se lembra da indefectível sopa de tomates Campbells, que juntamente com a Coca-Cola apareciam nas obras de Andy Warhol, o criador da Pop Art.
É, parece que a gastronomia é mesmo o ingrediente secreto dessa receita de sucesso que é o pop, confirmando o que já preconizava um antigo hit desse estilo musical: "...A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte...".

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Acompanhamentos

Continua depois da publicidade


.Raw Food - Dieta que nasceu na Califórnia (EUA), muito apreciada pelos famosos, é baseada no crudivorismo. Segundo seus adeptos, os alimentos não devem ser aquecidos acima de 42 ºC, pois as altas temperaturas provocam a perda de enzimas e vitaminas importantes da sua composição.


Peggy Sue - Além de dar nome a um filme do aclamado diretor Francis Ford Coppola (Peggy Sue Got Married, 1986) e a um hit dos anos dourados, composto por Buddy Holly, Peggy Sue é também um restaurante típico da culinária pop. No estilo dinner americano serve clássicos dos anos 50 e 60, destaque também para a decoração recheada de referências pop. Rua: Bispo Dom José, 2295 – Batel - Curitiba (tel: 244-9615). Horário de Funcionamento: Segunda à quinta das 17h30 até 24h30, Sexta e Sabado das 17h30 às 02h, Domingo das 17h às 24h.

Continua depois da publicidade


Velvet Underground & Nico - Primeiro disco de uma das mais importantes bandas da história do rock. O álbum que traz sucessos como Sunday Morning e Femme Fatale, estampa na capa uma banana, obra do artista plástico Andy Warhol, que também assina a produção musical. Vale conferir pela sonoridade saborosa do Velvet, e pelo talento de Warhol que colocou a capa desse disco no topo de nove entre dez listas das melhores de todos os tempos.


"Bolo de batata doce crua" - Se você ficou com vontade de experimentar ou está curioso pra saber como isso é possível, pode conferir a receita no site: http://maisvoce.globo.com/culinaria.jsp?id=10628


Receita

Muitos classificam como pop produtos culturais que se encaixam numa fórmula simples e de fácil assimilação. Sendo assim, um sanduíche é uma perfeita receita pop, fácil e rápido tanto pra fazer quanto pra comer.


Pop’s burg
Ingredientes:
1 pão para hambúrguer
2 fatias de peito de peru defumado
2 fatias de queijo mussarela
½ coração de alface americana (cortado em tiras)
1 hambúrguer (200g)
2 colheres (sopa) de maionese de wassabe


Hambúrguer:
1 quilo de alcatra moída
1 envelope de sopa de cebola
1 ovo
1 xícara (chá) de farinha de rosca


Maionese de wassabe:
leite integral
óleo (de canola, girassol, milho..etc)
sal
wassabe (em pasta ou pó)


Preparo:
Hambúrguer
Em uma travessa misture a carne moída, a sopa de cebola (em pó) o ovo e a farinha de rosca até obter uma massa homogênea. Se necessário acrescente mais farinha de rosca, até dar o ponto.
Divida a massa em cinco partes iguais e molde os hambúrgueres.


Maionese de wassabe
Coloque um pouco de leite (aproximadamente 100ml) no liquidificador, ligue o aparelho e vá acrescentando, aos poucos, o óleo até obter a consistência desejada. Desligue o liquidificador e acrescente o sal e o wassabe a gosto.


Montagem
Corte o pão ao meio, no sentido horizontal. Em uma frigideira ou chapa untada com um pouco de manteiga, frite o hambúrguer, em fogo baixo, dos dois lados até estar no ponto desejado (bem ou mal passado). Coloque o hambúrguer sobre a parte de baixo do pão, por cima o queijo e o peito de peru. Espalhe um pouco do alface e cubra tudo com a maionese de wassabe. Finalize com a outra fatia do pão.


Dicas
Para moldar o hambúrguer você pode usar um pedaço de um cano de pvc de 100mm. Corte um "fatia" de aproximadamente 3 cm do cano, e use como forma.

Para deixar sua refeição ainda mais pop, os acompanhamentos perfeitos são: batatas Pringles, ketchup Heinz e Coca-cola. Uma boa trilha sonora também é indispensável.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade