Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Disfunção Sexual

05 jul 2006 às 11:00
Continua depois da publicidade

Antes chamada de impotência, a disfunção erétil é a incapacidade de ter ou manter uma ereção adequada para uma relação sexual bem sucedida, podendo ser classificada como primária - quando o homem nunca obteve ereção - e secundária - quando, depois de uma série de problemas, o homem deixa de ter ereção.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A disfunção erétil pode ter duas origens: orgânicas e psicológicas.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Psicológicas - As preocupações e as cobranças do dia-a-dia somadas a ansiedade são as maiores responsáveis pela disfunção erétil. No momento do ato sexual, estes fatores costumam tirar a concentração do homem colocando-o numa situação de medo de fracassar. Por sua vez, este medo inibi provocando desestímulo sexual.


Orgânicas - As disfunções orgânicas tem origem física como na diabetes não diagnosticadas, baixo nível de andrógeno, problema hepáticos, álcool e antibióticos em excesso, esclerose múltipla, tumores, câncer da próstata, causas vasculares entre outras problemas de saúde que afetam a ereção.

A dificuldade de ereção, quando não é discutida, torna-se um problema que ultrapassa as quatro paredes, refletindo-se no dia-a-dia do casal, que passa a enfrentar questões como a diminuição do romance, o afastamento e o aumento das brigas. Segundo pesquisa sobre o assunto, realizada pelo Instituto Datafolha em agosto do ano passado, 59% dos homens entrevistados afirmam que não falam sobre desempenho sexual com seus médicos. Entre os que conversam com os especialistas, 57% procuram urologistas e 34%, clínicos gerais. Nesta mesma pesquisa, 30% dos homens informam que procuram um especialista por influência da parceira.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade