26/11/20
PUBLICIDADE
30 anos do ECA

Paraná lança Estatuto da Criança e do Adolescente atualizado

O Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, e o Cedca (Conselho Estadual de Direitos da Criança e do Adolescente), lançaram nesta quarta-feira (20), o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) atualizado, incluindo as alterações feitas na legislação brasileira nos últimos anos, com os avanços da lei e da jurisprudência - sem mudanças, porém, em seus princípios básicos. A edição comemora os 30 anos do ECA, assinado no dia 13 de julho de 1990.

AEN-PR
AEN-PR


"O cuidado com a criança no Paraná é prioridade absoluta”, ressaltou o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, ressaltando que esta não é uma diretriz meramente governamental.

"O ECA é uma das legislações mais modernas para a defesa de crianças e adolescentes, que introduziu muitos avanços no País, ajudando a diminuir a mortalidade infantil, efetivando a criação dos conselhos tutelares e as varas da infância, e deu a base para os programas de combate à exploração e ao trabalho infantil”, disse ele.

Distribuição

Impresso com recursos do Fundo da Infância e Adolescência do Conselho Estadual de Direitos da Criança e do Adolescente, o ECA atualizado será distribuído em todo o Paraná aos conselhos tutelares, conselhos municipais de direito, polícia, Ordem dos Advogados Brasil - Paraná, Ministério Público do Paraná, Centros de Socioeducação (Censes) e outros organismos de defesa da criança e do adolescente.

Guiar ações

De acordo com a chefe do Departamento da Política para Criança e Adolescente e presidente do Cedca, Angela Mendonça, este Estatuto é uma diretriz fundamental para guiar as ações e políticas na área da infância e da adolescência.

"Nossa luta é a proteção integral a toda e qualquer criança e adolescente, avançando na construção de políticas públicas e da defesa de direitos dessa população, para que tenham desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social em condições de liberdade e de dignidade”.

"Nesses 30 anos de ECA nós avançamos muito nas suas dimensões no Executivo, Legislativo e Judiciário, o que permitiu que muitas das crianças e adolescentes alcançassem seus direitos”, reforçou o juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça do Tribunal da Justiça, Sérgio Luiz Kreuz. "No Paraná, o esforço continua sendo muito grande para que o estatuto seja implementado e cumprido”, afirmou.

Participações

O evento contou com a presença do coordenador do Núcleo da Infância e Juventude da Defensoria Pública do Estado do Paraná, Bruno Müller Silva; presidente da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB, Silvia Carneiro Leal; coordenadora da Fundação Iniciativa da Rede Integrada de Abrigos, Daniele Dallavechia; além de representantes do Conselho Tutelar; Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria); Departamento de Diversidade e Direitos Humanos da Secretaria de Estado da Educação.
AEN-PR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Consumo consciente

Marcas independentes promovem movimento anti-Black Friday

26 NOV 2020 às 09h01
Violência contra a mulher

Registros de feminicídio aumentaram durante pandemia no Brasil

25 NOV 2020 às 10h36
Até 10 de dezembro

Londrina realiza 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulher

25 NOV 2020 às 08h56
Cuidados com o corpo

Veja os tratamentos estéticos que devem ou não ser evitados no verão

24 NOV 2020 às 16h13
Desigualdade racial

Condições sociais agravam saúde da mulher negra no Brasil

24 NOV 2020 às 09h09
Pega essa dica!

Aprenda a fazer um rabo de cavalo duplo: simples, versátil e lindo

24 NOV 2020 às 08h15
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados