01/08/21
PUBLICIDADE
Educação financeira

Veja dicas para organizar e aproveitar melhor o 13º

Com a proximidade do fim do ano, muitos brasileiros esperam ansiosamente pelo pagamento do 13º salário. O benefício de quem trabalha com carteira assinada é utilizado geralmente para comprar presentes, fazer viagens e também na compra do material escolar dos filhos. Parte desse dinheiro fica comprometido com inúmeras parcelas para o próximo ano, inclusive de empréstimos, quando poderia ser investido em outras áreas.

Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Marcello Casal Jr./Agência <a href='/tags/brasil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Brasil</a>


Dora Ramos, consultora financeira e CEO da Fharos Contabilidade, explica que é possível fazer muitas coisas com esse dinheiro extra. A profissional recomenda que, assim que o trabalhador recebe o 13º, é necessário priorizar as dívidas e parcelamentos que tenham sido feitos durante o ano e, posteriormente, pensar em investir e vê-lo render a longo prazo.

Por lei, podem receber o benefício pessoas que receberam durante o ano: aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-reclusão, auxílio-acidente e salário-maternidade. Para quem não tem pendencias financeiras, o ideal é juntar o dinheiro recebido e quitar o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) por exemplo, e aproveitar o desconto do pagamento à vista, ou investir.

Dora reforça algumas dicas que podem ajudar a se organizar financeiramente quando receber o benefício e melhor aproveitá-lo:

Organize-se - Se houver contas em atraso, como as de cartão de crédito e cheque especial, priorize-as no momento de organizar as finanças e quite.

Economize - Caso não possua dívidas, aproveite para juntar o dinheiro extra e utilizá-lo de acordo com o seu próprio planejamento financeiro.

Invista - Pense além da caderneta de poupança para fazer o seu dinheiro render. Existem muitos meios mais rentáveis nos dias de hoje. Aproveite a oportunidade na próxima vez em que for ao banco e consulte o seu gerente para, juntos, analisarem o melhor meio para investir a quantia.

Reserve - Criar um fundo de emergências para imprevistos com o 13º pode ser uma ótima opção para quem não tem o hábito de guardar dinheiro. Se você não possui pendencias financeiras, deixar uma parte do dinheiro guardada pode ser sinônimo de segurança e tranquilidade.

Planeje - Aproveite a oportunidade de alívio financeiro para executar o seu planejamento para o próximo ano. Dessa forma, seu 13º de 2020 será muito melhor aproveitado. Além de quitar ou negociar suas dívidas, organize suas despesas de forma a pagar as contas e fazer uma reserva ao longo do ano. Quando suas finanças estão organizadas, você tem menos preocupações e estresse.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
Continue lendo
Dia do Orgasmo

Espiritualista ensina a como proteger sua energia durante um sexo casual

31 JUL 2021 às 09h00
A hora do 'sim'

Casais voltam a disputar datas para festas de casamento com avanço na vacinação

30 JUL 2021 às 15h44
Receio maior entre mulheres

Medo de perder emprego apresenta queda entre brasileiros

30 JUL 2021 às 14h49
Iniciativa do Depen

Concurso literário é promovido em presídios do Paraná

30 JUL 2021 às 10h05
Coronavírus

Um terço dos brasileiros tem medo de ir a bares e restaurantes, diz CNI

30 JUL 2021 às 09h22
Sem remédios desnecessários

Cabelos e unhas sem vida? Uma alimentação saudável pode ser a sua maior aliada

29 JUL 2021 às 15h59
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados