Pesquisar

Canais

Serviços

O que é Chromecast? Saiba como usar tecnologia e economizar

CV Bonde
12 dez 2023 às 11:36
- Paul Abraham (Deepaul) from Pixabay

O consumo de mídia, especialmente através do streaming, tornou-se parte importante do cotidiano moderno: músicas, filmes, séries e até mesmo fotografias podem ser acessadas via internet, em tempo real, utilizando serviços como o YouTube, Netflix, Spotify e concorrentes. A conveniência de possuir todo o catálogo de mídia acessível de forma imediata e direta é inegável, e esse tipo de solução também evita as antigas dores de cabeça com arquivos sendo perdidos ou armazenamento ficando lotado. 


No entanto, reproduzir exatamente o conteúdo que é desejado no aparelho correto pode se tornar um desafio - pouco grave, mas incômodo - especialmente ao navegarmos entre cômodos diferentes: assistir uma série no celular mas continuar na tela grande da TV pode significar gastar preciosos minutos abrindo manualmente um aplicativo, procurando pelo programa, episódio e minuto anterior. Começar uma playlist no computador e migrar para o quarto pode significar precisar interromper o som. Com tamanhos avanços tecnológicos, será que não há uma solução que resolva esse problema de forma clara, fácil de utilizar e livre dos fios e atritos? A resposta é sim, e o custo é mais baixo do que o imaginado. Confira. 

O que é Chromecast?

A indústria da música foi uma das pioneiras na migração do mundo analógico para o digital, e de acordo com dados da ExpressVPN, também foi uma das primeiras a adotar o streaming e transformar profundamente a forma como consumimos nossas bibliotecas e discografias: playlists dinâmicas e compartilhamento em tempo real se tornam prioridade, e a flexibilidade de escutar no celular, televisão, alto-falante inteligente e computador, mudando conforme a necessidade, também é parte importante do uso destes apps. 


Como consequência, soluções para transmitir música entre aparelhos não demoraram a surgir - a conexão via Bluetooth já é amplamente conhecida e utilizada pelos consumidores, no entanto, a tecnologia possui baixo alcance, grande custo de bateria, e ocupa o aparelho que envia a música. Já soluções como o Apple AirPlay são capazes de transmitir música sem fio de forma mais eficiente, mas estão restritas a aparelhos da marca e poucos aplicativos. O Chromecast surge como uma alternativa mais aberta para resolução deste desafio, e atualmente, foi expandido para suportar vídeos e imagens, além das músicas.


Em linhas gerais, o Chromecast é um protocolo sem fio que usa a rede doméstica, seja por cabo ou Wi-Fi, para transmitir em tempo real comandos e links de mídia entre aparelhos conectados. Isso pode significar usar o celular para enviar uma música a um alto-falante, ou usar o computador para enviar uma série diretamente à televisão. Tudo sem fio, de forma rápida e livre de códigos de pareamento ou outros obstáculos. Basta selecionar a mídia, o dispositivo onde deseja consumir, e o sistema configura tudo automaticamente - como o sinal é propagado pela rede Wi-Fi, desde que ambos os aparelhos possuam sinal e conexão, a transmissão acontece com qualidade máxima e sem interferências, solucionando os problemas de alcance do Bluetooth.

Como obter acesso ao Chromecast

O Chromecast é um protocolo amplamente disponível, em diversas categorias de aparelhos. Com baixo investimento, ou até de forma gratuita, é possível usar o sistema na grande maioria dos eletrônicos disponíveis atualmente - dependendo de quais usos são desejados. Algumas formas de usar o Chromecast incluem: 


Alto-falantes Nest: uma forma inicialmente custosa, mas prática, de começar a utilizar o Chromecast é a linha de alto-falantes Nest da Google. Pequenos e discretos, os aparelhos suportam comandos de voz através da Google Assistente, conexão com serviços como Spotify e YouTube Music, e conexão com Chromecast com qualquer aparelho compatível com o protocolo - é possível enviar músicas, áudio de vídeos, podcasts e audiolivros para os aparelhos. Ao espalhar mais de um alto-falante pela casa, é possível reproduzir o som em todos ao mesmo tempo, criando o efeito de um áudio que o acompanha pela casa. 

Aparelhos com Android: todos os aparelhos Android vendidos atualmente, ou atualizados para versões relativamente modernas do sistema, são compatíveis com o envio de mídia através do Chromecast. No entanto, ao utilizar um aplicativo receptor encontrado na loja Play Store, é possível permitir que o aparelho receba a mídia. Um uso interessante é instalar o app em uma mídia box para televisão, permitindo que a TV receba vídeos e música. 

Televisões inteligentes: diversas televisões inteligentes disponíveis hoje no mercado brasileiro já suportam a recepção de sinais Chromecast por padrão, sem nenhum custo. Televisões com Android como aparelhos da TCL e Philips possuem Chromecast integrado, enquanto modelos da LG e Samsung podem ativar o recurso nas opções do sistema. Apps incluídos nas televisões como o YouTube também oferecem conexão automática. 

Adaptador Chromecast: para quem possui uma televisão tradicional e não está satisfeito com o custo de modelos smart, mas deseja ter acesso ao catálogo completo de aplicativos e ao Chromecast, a Google oferece pequenos aparelhos, também chamados de “Chromecast”, que se conectam a entrada HDMI da televisão. O aparelho adaptador Chromecast transforma a TV antiga em um modelo smart, com aplicativos de Android e recepção dos sinais. 

Computador com Chrome: computadores utilizando o Windows, ChromeOS, macOS e Linux com versões atualizadas do navegador Google Chrome são capazes de enviar vídeos e áudio reproduzidos no computador via Chromecast. Algumas extensões na loja do navegador também permitem enviar mais conteúdo, como transmissões ao vivo de plataformas como a Twitch TV. 


O Chromecast é uma forma flexível de reproduzir qualquer mídia em qualquer aparelho conectado em sua casa, sem a necessidade de fios ou configurações especiais. Depois do investimento inicial em aparelhos compatíveis com o sistema, o Chromecast permite uma experiência livre de frustrações e interconectada.

Continue lendo

Últimas notícias