Pesquisar

Canais

Serviços

- Vivian Honorato - N.Com/PML/ Arquivo
Saiba mais

Crianças de até três anos retornam às atividades presenciais na rede municipal de Londrina

Redação Bonde com N.Com
28 ago 2021 às 14:03
Continua depois da publicidade

Cerca de sete mil crianças de zero a três anos voltam a ser atendidas presencialmente a partir de segunda-feira (30) pelos 33 CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil) e 56 CEIs (Centros de Educação Infantil) de Londrina. 

Continua depois da publicidade


Com o objetivo de prevenir a transmissão do novo coronavírus, a SME (secretaria Municipal de Educação) determinou que as atividades ocorram em meio período, com 50% dos alunos de cada turma atendidos pela manhã, e o restante, à tarde. Além disso, outras precauções serão adotadas, como o distanciamento de 1,5 metro; uso de álcool em gel; utilização de objetos individuais; e demais exigências sanitárias previstas no plano de biossegurança específico de cada unidade escolar.

Continua depois da publicidade


Com o retorno dessa faixa etária de zero a três anos, todas as séries do ensino municipal passarão a ser contempladas com atividades presenciais. A retomada gradual iniciou em 2 de agosto, com os estudantes do 4º e 5º ano, assim como da EJA (Educação de Jovens e Adultos); no dia 16, foram contemplados os alunos do 2º e 3º ano; e, em 23 de agosto, voltaram às aulas, as crianças do P4, P5 e 1º ano.


Para os alunos do P4 ao 5º ano, assim como da Educação de Jovens e Adultos, o atendimento está ocorrendo de forma híbrida, seguindo todas as medidas de segurança e saúde. Para respeitar o distanciamento social, essas séries adotaram um revezamento semanal, em que 50% dos alunos comparece presencialmente, enquanto o restante permanece em casa, invertendo os grupos na semana seguinte. As crianças que ficam em casa recebem um programa de estudos, para que possam realizar suas atividades individualmente, e contam com assistência de professores, por meio de ferramentas digitais como o Google Classroom ou WhatsApp.

Continua depois da publicidade


A secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, informou que, ao todo, cerca de 46 mil crianças estão matriculadas na rede municipal de ensino. De acordo com Moraes, um levantamento realizado pela SME constatou que 87% dos pais e responsáveis preferem que os alunos sejam atendidos de forma híbrida. A pesquisa foi feita de 2 a 6 de agosto, quando cerca de 35 mil pais ou responsáveis encaminharam às escolas e creches municipais um termo de responsabilidade emitido pela SME. “As famílias que preferirem manter as crianças, de qualquer idade, na educação remota poderão fazê-lo. Esses alunos continuarão a ser atendidos por meio de materiais impressos e ferramentas digitais”, apontou a secretária municipal de Educação.

Continue lendo