Pesquisar

Canais

Serviços

Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Veja os benefícios!

Atividades físicas podem ajudar na reta final da preparação para o Enem

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
12 nov 2021 às 14:40
Continua depois da publicidade

Estudos mostram que mesmo atividades físicas de baixa intensidade podem incrementar as conexões cerebrais nas áreas responsáveis pela memória e armazenamento de informações. Para quem está se preparando para a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que ocorre nos dias 21 e 28 de novembro, uma boa dica pode ser incluir o movimento na rotina.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Estimular o hipocampo, a parte do cérebro responsável pela formação de novas memórias, pode ser feito com o hábito de exercitar-se cerca de dez minutos por dia. 


“Além de serem bons para o funcionamento cerebral, os momentos de pausa para exercícios físicos entre as anotações e leituras revigoram o corpo e a mente. O estudante volta mais disposto e com mais capacidade de concentração”, explica Anderson Ferreira dos Santos, Coordenador do Colégio Marista Paranaense.

Continua depois da publicidade

São várias as opções que cabem no cronograma de estudos; levar o pet para passear, dançar, fazer yoga ou buscar uma aula on-line de exercícios da preferência do estudante são algumas delas. 

Equilibrando as emoções - O período que antecede a realização de provas importantes como os vestibulares e o Enem tende a ser marcado por emoções como ansiedade e apreensão. Praticar exercícios físicos diariamente, mesmo que com pouca duração, pode ajudar a estabilizar corpo e mente. 


“A memória, assim como o processo de aprendizado, é fundamental quando pensamos nesses processos seletivos, mas trabalhar o equilíbrio emocional para esse momento também deve ser uma preocupação”, pontua Santos.

Outro fator relevante é que o simples fato de mudar o foco da atenção do estudante,  neste caso direcionado para uma atividade física, gera um descanso para a mente. 


“Costumo dizer que esse processo de preparação para provas e vestibulares é uma maratona, não uma corrida de 100 metros. Para isso, intervalos regulares na rotina de estudos são fundamentais, e se puder aliar isso a algo que lhe traga prazer, fica melhor ainda. Assim como na maratona, é preciso saber dosar intensidade e fôlego, para não desistir antes da linha de chegada”.

Boa para a memória e para a saúde mental dos estudantes, a prática regular de atividades físicas traz ainda outros benefícios. Confira alguns:


- Fortalece músculos, ossos e articulações;


- Aumenta os níveis de energia e diminui a sensação de fadiga;


- Relaxa o corpo, o que pode contribuir para a qualidade do sono; Por liberar dopamina, serotonina e endorfinas, além de otimizar o fornecimento de oxigênio e nutrientes pelo corpo, aumenta a sensação de disposição e bem-estar;


- Estimula a produção de substâncias anti-inflamatórias e antioxidantes, o que fortalece o sistema imunológico. 


- Melhora a circulação e com isso reduz o risco de incidência de obesidade e diabetes.

Continue lendo