Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Processo seletivo

ProUni-2024 aumenta vagas para os cursos de Direito e Medicina

Redação Bonde com Agência Brasil
18 jan 2024 às 19:14
- Juca Varella/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O primeiro edital de 2024 do ProUni (Programa Universidade para Todos) aumentou o número de vagas para os cursos de graduação em Direito e Medicina. 


O edital geral do processo seletivo, referente ao primeiro semestre deste ano, foi publicado nesta quarta-feira (17). O programa federal concede bolsas a estudantes de baixa renda em instituições privadas de ensino superior.  

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O aumento de vagas nesses dois cursos foi autorizado em dezembro passado, com o objetivo de acomodar mais bolsistas do ProUni nas vagas dos dois cursos de graduação em todo o país. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Assembleia virtual

Professores da rede estadual aprovam greve para 3 de junho

Imagem de destaque
Alerta

Apenas 15% das estações de monitoramento de rios enviam dados em tempo real no Brasil

Imagem de destaque
Subiu

UEL divulga valor da inscrição para Vestibular 2025 e número de vagas ofertadas

Imagem de destaque
Fato curioso

Corvos conseguem 'contar em voz alta' de forma parecida à de crianças pequenas

 

Publicidade

O período de inscrição para o programa vai de 29 de janeiro a 1º de fevereiro, pelo Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. A divulgação do resultado ocorrerá em duas chamadas, sendo a primeira no dia 6 de fevereiro e a segunda no dia 27 do mesmo mês.   


De acordo com o MEC (Ministério da Educação), a consulta às informações detalhadas da oferta de bolsas, por curso, turno, instituição e local de oferta, está prevista para ser publicada na página do ProUni nesta sexta-feira (19). 

Publicidade


Critérios para participar

A bolsa de estudo integral será concedida a brasileiros que ainda não têm diploma de curso superior. Para participar do processo seletivo, é necessário que o candidato à bolsa:  

Publicidade


- tenha participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), na edição de 2022 ou de 2023;  


- tenha obtido nota igual ou superior a 450 pontos na média das cinco provas do Enem;  

Publicidade


- tenha tirado nota acima de zero na prova de redação do Enem; 

 

Publicidade

- não tenha participado do referido exame na condição de treineiro (candidato que não concluiu o ensino médio e participa do exame para fins de autoavaliação).   


Além desses critérios, o candidato a bolsista precisa atender a pelo menos uma das seguintes condições:  

Publicidade


- ser pessoa com deficiência;  


- ser professor da rede pública de ensino, exclusivamente para os cursos de licenciatura e pedagogia, destinados à formação do magistério da educação básica (educação infantil, ensinos fundamental e médio), conforme Decreto nº 5.493/2005; 


- ter cursado o ensino médio integralmente em escola da rede pública; ou ter estudado o ensino médio integralmente em instituição privada na condição de bolsista integral da respectiva instituição, entre outras condições de estudo. 


Renda familiar

A inscrição no processo seletivo do ProUni é condicionada também ao cumprimento do critério de renda do estudante. Para o cálculo, é considerada a renda bruta mensal de todos os membros da família do candidato à bolsa estudantil. 


Para ter o benefício no valor de 100% da mensalidade da faculdade privada é preciso ter renda familiar mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para bolsa parcial, de 50% do programa, a renda mensal não pode ultrapassar três salários mínimos por pessoa da família. Os requisitos de renda foram estabelecidos na Lei nº 11.096/2005. 


Caso o estudante seja selecionado, a comprovação de renda deve ser feita no momento da inscrição e, também, na matrícula na instituição privada de ensino superior, com contracheques, declaração de Imposto de Renda ou extratos bancários. 


O candidato professor da rede pública de ensino não precisa se submeter à regra da renda familiar do ProUni. 


Imagem
Começam nesta sexta-feira inscrições para o concurso unificado
Começam nesta sexta-feira (19) as inscrições para o Concurso Público Nacional Unificado. O certame vai selecionar, de uma só vez, 6.640 servidores para 21 órgãos públicos federais.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade