Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Instagram
Oitava temporada

Última temporada de 'Brooklyn Nine-Nine' chega ao Brasil em setembro

Folhapress
24 ago 2021 às 15:22
Continua depois da publicidade

A 8ª e última temporada da sitcom "Brooklyn Nine-Nine" chegará ao Brasil em 9 de setembro. A estreia acontecerá às 00h35 da sexta-feira, no canal Warner. A informação foi confirmada pela assessoria do canal.

Continua depois da publicidade


A última temporada estreou em 12 de agosto nos Estados Unidos, e aqui no Brasil, assim como é feito no país norte-americano, os episódios também serão exibidos semanalmente. Atualmente, os episódios até a 6ª temporada estão disponíveis na Netflix.

Continua depois da publicidade


Ganhadora de dois Globos de Ouro, de melhor ator e melhor série de comédia, "Brooklyn Nine-Nine" é focada no dia a dia de uma unidade de política do Brooklyn, em Nova York. "O brilhante e imaturo detetive Jake Peralta precisa aprender a seguir as regras e trabalhar em equipe quando um capitão exigente assume o comando de seu esquadrão", diz a sinopse.


No ano de 2019 a TNT Brasil publicou em sua conta no Twitter um pedido de desculpas após alguns fãs apontarem alterações na dublagem de um episódio da série "Brooklyn Nine-Nine" incluindo referências à política brasileira que não foram feitas na versão original em inglês.

Continua depois da publicidade


O canal afirma ter solicitado a correção e diz que está revisando todo o material. "Estamos comprometidos em reforçar o controle de qualidade das dublagens dos conteúdos exibidos em nosso canal e empenhados em entregar os futuros episódios com a tradução mais próxima da versão original", afirmou a mensagem.


O "erro" foi apontado por um perfil feito por fãs da série, também no Twitter: "No episódio 5x04 de 'Brooklyn Nine-Nine' que foi ao ar na TNT foram utilizadas adaptações na dublagem com cunho político atual brasileiro. O episódio e as cenas em si não têm relação nenhuma com política!", disse, incluindo o vídeo para comparar as versões.


Nas cenas destacadas, o personagem de Boyle (Joe Lo Truglio) afirma que "é melhor Jair se acostumando" e se refere a si mesmo e aos seus colegas como "minions", o que os fãs entenderam como uma referência aos apoiadores do presidente Bolsonaro. Na versão original, ele usava a palavra "tramps" (vagabundo, em tradução livre).


A alteração foi comentada também em perfis feitos por fãs americanos da série, que se queixaram, apontando o presidente brasileiro como "uma versão extrema [do chefe de estado americano, Donald] Trump", que os internautas dizem ser um perfil contrário ao do personagem.

O site de notícias The Wrap também falou sobre o assunto, assim como o próprio escritor da série, Dan Goor, que agradeceu o alerta dos fãs e retuitou a mensagem de uma fã que explica que "tramp" não é uma referência a Trump, o que teria sido usado como justificativa para a dublagem.


Continue lendo