06/04/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
No Sesc Cadeião

Espetáculo 'OVO' estreia nova temporada em Londrina neste fim de semana

Agon Teatro realiza temporada 2016 do espetáculo "OVO". Com texto poético e encenação em arena, a peça aborda a morte e as relações familiares nos influxos do tempo. Dois irmãos que passaram a juventude no campo se reencontram na cidade em um momento decisivo: a morte da mãe. Reflexões sobre a vida e suas transitoriedades permeiam "OVO", do grupo Agon Teatro, que reestreia em Londrina neste fim de semana após temporada de sucesso no ano passado. O trabalho tem dramaturgia e direção de Renato Forin Jr., que também está em cena ao lado da atriz Danieli Pereira. O grupo teve orientação cênica do diretor Marcio Abreu, da Companhia Brasileira de Teatro.

A peça estará em cartaz no Sesc Cadeião Cultural (R. Sergipe, 52) neste sábado, às 20 horas, e no domingo, às 19 horas, dentro do projeto "Londrina em Cena 2016", com ingressos a R$ 10, R$ 5 (meia) e R$ 2 (comerciários). O projeto do Sesc conta ainda com um bate-papo com o Agon Teatro no domingo, 3 de julho, às 15 horas, com entrada gratuita. A temporada 2016 de "OVO" continua nos dias 23 e 24 de julho, às 20 horas, no Circo Funcart (Rua Senador Souza Naves, 2380), com ingressos a R$ 20 e R$ 10 (meia ou antecipado).


Divulgação/Victor Pedrassoni
Divulgação/Victor Pedrassoni


Dentro de três caixas, dois atores guardam as dores e os afetos silenciados de uma família. Progressivamente, os intérpretes dão vida a Édipo e Electra, personagens trágicos que, na trama autoral, são irmãos em conflito. A história evoca a zona rural de um Brasil arcaico, onde os dois foram criados.

A peça capta o instante em que Electra chega na cidade para dar a notícia da morte da mãe. "A montagem mostra os desdobramentos imaginários deste encontro tão marcante na vida de ambos. Lembranças e pressentimentos se confundem, trazendo reflexões universais sobre a sombra da morte que nos ronda, o desaparecimento das pessoas amadas no percurso da vida, a angústia da passagem do tempo, as incertezas a respeito de Deus e do destino", explica Forin.

Ao abordar questões como estas, o Agon Teatro traz à tona elementos da tragédia clássica dentro de uma estrutura formal contemporânea. Em muitos momentos, os atores despem-se dos personagens, lançando ao público estilhaços de pensamento sobre o ofício teatral e as relações entre arte e vida. "A minha angústia é que a vida não se repete. Ela está sempre indo, indo, indo. Cada segundo é um nunca mais, você entende? Aqui no teatro é diferente", diz, em certo momento, Danieli Pereira, que vive Electra.

Divulgação/Victor Pedrassoni
Divulgação/Victor Pedrassoni


Uma curiosidade da montagem é o espaço cênico. O público é disposto bem próximo dos atores, em torno de uma arena circular, onde acontecem transformações cenográficas e revelações de pequenas surpresas. "Cenário, figurino, iluminação, sonoplastia e a própria encenação conduzem os espectadores por uma viagem entre o cinza barulhento da cidade e as cores plácidas do campo. É como se a dramaturgia se concretizasse também espacialmente", pontua o diretor. Para este deslocamento de paisagens, o Agon Teatro utiliza quilos de palha de arroz, terra, água, sementes verdes e mecanismos sonoros dispostos no espaço. A trilha é assinada por José Carlos Pires Júnior, a luz é de Maria Emília Cunha, os figurinos são de Nathalia Oncken e o cenário é uma criação coletiva do Agon.

O diretor explica que, na peça, Édipo e Electra são revestidos por referências psicanalíticas e por uma humanidade cotidiana - o que gera o efeito de proximidade com os espectadores. "O espetáculo, no fundo, é bastante simples, no sentido de buscar e focar uma essência do gesto teatral: o efêmero, o que não se repete, o encontro real entre as pessoas - experiências cada vez mais raras".

Construído ao longo de dois anos, "OVO" contou, na última etapa, com um auxílio ilustre – a orientação cênica de Marcio Abreu, premiado diretor da Cia Brasileira de Teatro (Curitiba/Rio de Janeiro). "Marcio nos despertou para questões importantes e essenciais em ‘OVO’, como a criação de um convívio e de uma presença em constante fluxo relacional com a plateia, a escuta do próprio texto e o exercício de esquecimento, para que a cada apresentação a peça adquirisse um frescor", destaca Forin.

No ano passado, a montagem contou com patrocínio da Prefeitura Municipal de Londrina por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura, o Promic. Além da temporada na cidade, o espetáculo também participou da programação do Filo (Festival Internacional de Londrina), do Londrix (Festival Literário de Londrina) e circulou por Maringá e Arapongas.

O grupo - Criado em Londrina há quatro anos como um grupo de pesquisa, o Agon Teatro investiga a encenação e a dramaturgia contemporânea. Sediado na Vila Usina Cultural, mantém uma rotina de escrita, ensaios e treinamentos baseados em linhas de força da tradição e em suas possíveis reconfigurações no atual contexto. A partir dessa proposta, seus fundadores, Renato Forin Jr. (doutorando em letras com ênfase em dramaturgia na UEL, ator e jornalista) e Danieli Pereira (bacharel em artes cênicas pela UEL, atriz e produtora cultural), desenvolvem trabalhos autorais, chamando a colaboração de artistas convidados. "OVO" é o espetáculo de estreia do grupo.

Londrina em Cena / Sesc Cadeião - O projeto Londrina em Cena, realizado pelo Sesc Cadeião Cultural, estreou em 2015 com o objetivo de fortalecer a produção cênica da cidade, promovendo e valorizando o trabalho de artistas que contribuem para o enriquecimento cultural de Londrina, que já foi referência nacional e internacional em produção/criação artística nas décadas de 1970 e 1980. Em 2016, o projeto retoma suas atividades para uma segunda edição mais diversificada, com programação estendida, de abril a dezembro, contemplando a participação de companhias locais e de demais regiões do Paraná e do Brasil, com o propósito de promover o encontro, a troca de saberes, o enriquecimento cultural e a reflexão acerca das potências criativas que permeiam o território das artes cênicas e suas fronteiras.

Ficha técnica:
Dramaturgia e direção: Renato Forin Jr.
Elenco: Danieli Pereira e Renato Forin Jr.
Orientação cênica: Marcio Abreu (Cia Brasileira de Teatro)
Criação de cenário: Agon Teatro
Criação de figurino: Nathalia Oncken
Criação de luz: Maria Emília Cunha
Desenho sonoro, flautas e viola: José Carlos Pires Júnior
Viola da Gamba: José Olmiro Borges
Violino: Letizia Roa
Operação de luz: Amarilis Irani
Operação de som: Alexandre Ficagna ou Rogério Costa
Produção: Danieli Pereira
Fotos e assistência de palco: Marika Sawaguti
Execução de cenário: Claudiomar Meneguetti, Roberto Rosa, Romildo Ramos
Patrocínio da montagem em 2015: Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Londrina (PR)
Tempo de duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 14 anos

Serviço:
Espetáculo "OVO" – Temporada 2016
Agon Teatro (Londrina-PR)
"Londrina em Cena 2016" – Sesc Cadeião Cultural
Espetáculo:
2 de julho, às 20 horas, e 3 de julho, às 19 horas
Local: Sesc Cadeião Cultural (R. Sergipe, 52)
Ingressos: R$ 10, R$ 5 (meia) e R$ 2 (comerciários), à venda no Sesc Cadeião
Bate-Papo com o Agon Teatro:
Quando: 3 de julho, às 15 horas
Local: Sesc Cadeião Cultural
Gratuito
Informações: (43) 3572-7700 | 3572-7701 | www.sescpr.com.br
· Continuação da temporada:
23 e 24 de julho, às 20 horas
Local: Circo Funcart (R. Souza Naves, 2380)
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia ou antecipado), à venda na Funcart
Informações: (43) 3342-2362

Vídeo:
Confira o teaser do espetáculo:
https://www.youtube.com/watch?v=fNLRwFFivPM

Créditos/Fotos:
Marika Sawaguti e Victor Pedrassoni (identificação no nome do arquivo)
Redação Bonde com assessoria de imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Reprise
Vencedora do Emmy, 'Malhação: Viva a Diferença' retorna à Globo
06/04/2020 09:21
João Figueiredo
Sasha revela que está namorando cantor gospel
06/04/2020 09:06
Jornalismo em alta
Cobertura da pandemia eleva audiência das manhãs da Globo
06/04/2020 09:02
BBB 20
Após eliminação de Gabi, Marcela, Flayslane e Babu formam novo paredão
06/04/2020 08:47
Pelo amor de Deus!
Jorge e Mateus fazem live de 4h e incentivaram fãs a fazerem doações
05/04/2020 12:10
Veja mais e a capa do canal