Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Instagram
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Veja os detalhes

Douglas Silva é o primeiro Líder do "BBB 22" e Rodrigo fica com o Anjo

Folhapress
22 jan 2022 às 11:34
Continua depois da publicidade

Após vencerem superprova na tarde desta sexta-feira (21), Rodrigo Mussi e Douglas Silva realizaram mais uma dinâmica nesta noite durante a transmissão ao vivo do Big Brother Brasil 2022 (Globo). Os brothers decidiram na sorte quem ficaria com a Liderança e o Anjo.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Continua depois da publicidade

Quem teve mais sorte foi o ator, que ao escolher a chave número três, em sua terceira tentativa, ligou o carro Fiat Pulse e se tornou o Líder –e levou o carro como prêmio. Douglas escolheu Pedro Scooby, Tiago Abranavel, Paulo André, Luciano Estevan, Rodrigo e Lucas Bissoli para o VIP.


Os outros brothers e sisters da casa agora estão na xepa. Como Anjo, Rodrigo ganhou um prêmio de R$ 10 mil e teve a árdua missão de selecionar dois participantes para o Castigo do Monstro. Ele escolheu Naiara Azevedo e Eliezer.


Bárbara e Laís, e Arthur Aguiar também não poderão ser votados já que venceram as provas de imunidade que aconteceram nesta semana.

Continua depois da publicidade



Esta sexta-feira (21) foi um dia cheio para os participantes. Os participantes do Camarote e Pipoca disputaram a primeira prova todos juntos. A dinâmica de habilidade em dupla valia a Liderança e o Anjo, dois poderes importantes para a formação do Paredão que acontece neste domingo (23).


Rodrigo e Douglas Silva se deram melhor e venceram a superprova. Eles cumpriram a prova de montar um quebra-cabeça de pista no menor tempo, 172, 50 segundos. Rodrigo escolheu o poder do Líder e Douglas o do Anjo, que nesta semana é autoimune, portanto não pode ser votado para o paredão.


Além da superprova, aconteceram momentos importantes que podem mudar a convivência da casa. O líder Rodrigo teve uma conversa polêmica com Linn da Quebrada. O brother procurou a cantora para tirar satisfação de uma fala que fez durante a madrugada em conversa com outros participantes no quarto.


O gerente comercial usou o termo ofensivo "traveco" para se referir às travestis. "Você não tem obrigação nenhuma de me dar orientação das coisas, mas, às vezes, eu sinto necessidade", disse o paulista. Linn da Quebrada ouviu o desabafo do colega de confinamento e explicou que se sentiria ofendida. "Você não sente quando diz?", questionou.


Rodrigo também teve um papo importante com Douglas Silva, que alertou o brother. "Vamos falar sobre isso, mas vamos sobre isso lá fora? Irmão, na dúvida não fala", explicou.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade