06/05/21
PUBLICIDADE
Entenda

Rachel Sheherazade processa SBT em ação de R$ 20 mi e cita assédio e censura

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram


A jornalista Rachel Sheherazade, 47, demitida no final de 2020 do SBT, iniciou um processo na Justiça no valor de cerca de R$ 20 milhões contra sua antiga emissora. Ela, que foi âncora do principal jornal da casa por quase dez anos, acusa o canal e seu dono, Silvio Santos, de assédio, censura e fraude.


No processo a que o jornal Folha de S.Paulo teve acesso, a defesa de Sheherazade aponta que a sua contratação como PJ (pessoa jurídica) visava fraudar legislação trabalhista, fiscal e previdenciária. Tal prática, ainda segundo ela, visava afastar o registro na carteira de trabalho e o pagamento dos direitos decorrentes do registro.

A ação corre no TRT-2 (Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região), na 3ª Vara do Trabalho de Osasco, na Grande SP. No final de seu contrato, Sheherazade chegava a faturar mais de R$ 200 mil por mês.

O processo inclui ainda um pedido de indenização por assédio e danos morais. A defesa da ex-apresentadora do SBT acusa a emissora de ter diminuído sua participação nos jornais e reduzido a quantidade de matérias onde apareceria, apontando ser consoante com uma prática de censura.

Em uma troca de e-mails anexada no processo, um dos diretores da emissora diz que os textos que Sheherazade posta nas redes sociais o envergonham e a muitos de seus colegas também.

Uma das atitudes de assédio considerada gravíssima pela defesa da jornalista foi durante a entrega do Troféu Imprensa 2017, onde a apresentadora teria sido tratada de modo "depreciativo, preconceituoso, vexatório, humilhante e constrangedor" pelo dono da emissora, Silvio Santos.

Naquele momento, ela disse que foi contratada para dar sua opinião, ao apresentar o principal jornal do SBT. Silvio Santos rebateu, dizendo que a contratou para "continuar com sua beleza". (Leia transcrição da conversa abaixo).

Na avaliação da defesa, Silvio Santos atuou de maneira "nitidamente machista" e "colocou a figura feminina numa posição em que a beleza física é supervalorizada em detrimento dos atributos intelectuais".

A audiência do caso está marcada, por ora, para o dia 3 de agosto de 2021. A assessoria do SBT afirmou que não comenta sobre questões jurídicas. Procurada, Rachel Sheherazade não foi localizado para comentar sobre o assunto.

Trecho da conversa considerada machista no Troféu Imprensa 2017:

Silvio Santos: "Você começou a fazer comentários políticos no SBT e pedi para você não fazer mais. Você foi contratada para ler notícias, não foi contratada para dar a sua opinião. Se quiser fazer política, compre uma estação de televisão vá fazer por sua conta, aqui não".

Rachel Sheherazade: "Quando você me chamou, você me chamou para opinar".

Silvio Santos: "Não. Chamei para você continuar com a sua beleza, com a sua voz, para ler as notícias no teleprompter. Não foi para você dar a sua opinião".
Folhapress
Continue lendo
Primogênita

Com covid, Barbara Bruno, filha de Nicette e Paulo Goulart, apresenta melhora

06 MAI 2021 às 16h30
Déa Lúcia

Mãe de Paulo Gustavo agradeceu ao filho na hora da despedida

06 MAI 2021 às 15h30
Eita!

Karol Conká fala mal de Rafa Kalimann em áudio vazado

06 MAI 2021 às 15h15
'Não sei descrever'

Juliette diz que nunca imaginou ser tão amada em seu 1º vídeo após vitória

06 MAI 2021 às 15h00
Ao vivo

'Não sei se volto', Alexandre Garcia ameaça deixar CNN Brasil

06 MAI 2021 às 14h45
Não perca!

Coletivo Quizomba realiza festival on-line neste sábado, 08

06 MAI 2021 às 14h30
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados