Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Chile-Argentina

Presidente chileno quer mudar nome do Rali Dakar

Redação Bonde
01 abr 2010 às 09:35
Continua depois da publicidade

Países-sede do Rali Dakar, principal prova de rali do mundo, desde 2008, o Chile e a Argentina acertaram os detalhes junto com os organizadores do evento para serem o palco também em 2011.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Depois da reunião, o recém-eleito presidente do Chile, Sebástian Piñera, mostrou empolgação com o acerto e fez questão de ressaltar seu desejo de mudar o nome da prova para Chile-Argentina. "Esperamos que algum dia se chame Chile-Argentina, pela oportunidade que nos dá de organizar uma prova de tanta importância, prestígio e reconhecimento".

Continua depois da publicidade


Para receberem mais uma edição, os governos dos dois países sul-americanos desembolsaram a quantia de US$ 5 milhões, conforme relatou o diretor do evento, Etienne Lavigne. O preço foi reduzido devido ao terremoto que assolou o Chile no dia 27 de fevereiro - o valor inicial era de US$ 7 milhões por nação. "Reduzimos para US$ 5 milhões em contribuição ao Chile e à Argentina devido à conjuntura econômica atual", confidenciou o diretor de Relações Internacionais da ASO, empresa organizadora da prova, Gregory Murac.

A corrida, que tem como destaque o trajeto hostil como desertos, dunas e clima árido, ocorre todo início de ano, do dia 1º a 16 de janeiro. A competição transportou-se para a América do Sul para fugir da onda de ameaças terroristas na África.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade