Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Derrota em Ribeirão

Tubarão perde a invencibilidade na Série D

Marco Feltrin - Redação Bonde
20 jul 2013 às 19:12
- Rogério Moroti/AgênciaBotafog
Publicidade
Publicidade

Em uma tarde para ser esquecida, o Londrina foi derrotado pelo Botafogo em Ribeirão Preto (SP) por 2 a 0, resultado que acabou com a invencibilidade do alviceleste na Série D do Campeonato.

Apesar do tropeço, o time comandado por Cláudio Tencati ainda termina o primeiro turno da primeira fase na liderança do grupo A8, com nove pontos em quatro partidas. O Metropolitano, que recebe o J.Malucelli neste domingo em Blumenau, pode chegar a sete em caso de vitória.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"Tem que manter a calma, não adianta desesperar. Vamos levantar a cabeça, temos outro jogo difícil no próximo final de semana", afirmou o capitão Germano, lembrando da partida diante do Lajeadense, marcada para 28 de julho no Rio Grande do Sul.

Leia mais:

Imagem de destaque
Mais luvas

Corinthians encaminha acordo de R$ 1,1 bilhão com Liga Forte União por direitos de TV

Imagem de destaque
Série A

São Paulo vence Criciúma de Tencati e afasta crise em jogo com recorde e falha bizarra

Imagem de destaque
Menores que o padrão

Times da NFL impuseram os mini campos da Copa América

Imagem de destaque
Contra o Fortaleza

Plano de Abel desmorona, e Palmeiras acumula prejuízos antes do Dérbi


O jogo:
Com apenas um ponto somado em três partidas, o Botafogo segurava a lanterna do grupo e precisava de um resultado positivo para manter chances de classificação. O departamento de marketing do Pantera chegou a lançar uma campanha chamada "#jogodavirada" com promoção de ingressos, que não surtiram efeito. Pouco mais de 1,7 mil torcedores pagaram para assistir o jogo no Santa Cruz.

Publicidade


Se o apoio da arquibancada foi pouco, os jogadores do Botafogo fizeram questão de compensar na vontade em campo. Desde o início da partida, o time da casa pressionava o Londrina, mantendo posse de bola no ataque.


Aos 16 minutos, o sufoco deu resultado. Com um a menos em campo, já que Alexandre Oliveira recebia tratamento após sofrer uma falta, a defesa do Londrina assistiu Juninho avançar e soltar uma bomba na entrada da área, sem chances para Danilo.

Publicidade


Durante toda primeira etapa, o Tubarão não conseguiu ameaçar o adversário. As únicas chances apareciam em bolas paradas cruzadas na área. O aproveitamento das cobranças, no entanto, foi pífio.


Na volta para o segundo tempo, o Pantera imprimiu o mesmo ritmo e seguiu pressionando o Londrina. Aos 10, mais uma vez Juninho teve a chance de ampliar o marcador batendo forte. Danilo, no entanto, evitou o gol.

Publicidade


Com Celsinho apagado em campo e Baiano sem ser acionado no ataque, Cláudio Tencati resolveu fazer duas substituições simultâneas. Sacou o camisa 10 e Alexandre Oliveira, promovendo a entrada de Lucas e André Lima.


A dinâmica do jogo não mudou, e o Tubarão só conseguia se aproximar da área adversária em bolas paradas. A melhor chance veio aos 24 minutos. Augusto Ramos cobrou falta na área e, no rebote da zaga, André Lima bateu forte, assustando o goleiro Gustavo.

Publicidade


Buscando o empate, Tencati sacou o volante Nico Diaz, dando oportunidade para Murilo. A criação de jogadas não evoluiu. Se o Londrina era refém das bolas paradas, o Botafogo soube usar a ferramenta para liquidar a partida.


Aos 40, em cobrança de escanteio, o zagueiro Igor subiu mais que a defesa do Londrina e bateu Danilo, garantindo a primeira vitória do time paulista na competição. Nos acréscimos, o camisa 1 alviceleste ainda evitou o terceiro gol, após Diogo Roque sair jogando errado.

"Nada deu certo. O time jogou organizado, teve chances de chegar, mas faltou frieza na hora de concluir. As substituições também não surtiram efeito. Não houve mudança de comportamento, maior agressividade", afirmou o técnico Cláudio Tencati em entrevista à rádio Paiquerê AM no final da partida. Na opinião do comandante, o Tubarão precisa de mais seis pontos em quatro partidas para garantir a classificação à próxima fase da Série D.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade