Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Líder

Vasco vence Náutico e mantém 100% de aproveitamento

Agência Estado
06 jun 2012 às 22:48
Publicidade
Publicidade

Em jogo movimentado no segundo tempo, o Vasco venceu o Náutico por 4 a 2, nesta quarta-feira, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, e assumiu a liderança isolada do Campeonato Brasileiro. Somente o Botafogo, que recebe o Cruzeiro nesta quinta, no Engenhão, pode ultrapassar os vascaínos ao fim da terceira rodada. O time cruzmaltino não vencia as três primeiras partidas do Brasileirão desde 1988.

Antes do início do jogo, os jogadores vascaínos tiveram uma boa notícia: a diretoria cumpriu o prometido e quitou parte da dívida com os atletas. São dois meses de salários atrasados e, para alguns jogadores, três de direitos de imagens. A partida foi marcada pela boa atuação dos principais jogadores do Vasco: Juninho Pernambucano e Felipe, escalados juntos desde o início do jogo, além de Diego Souza e Alecsandro.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Depois de um início de jogo sem muitas chances, o Vasco abriu o placar aos 21 minutos. Após saída de bola errada da zaga do Náutico, Eder Luís roubou a bola e tocou para Alecsandro, dentro da área. O atacante vascaíno não desperdiçou a chance e tocou rasteiro no canto: 1 a 0.

Leia mais:

Imagem de destaque
Saiba mais

Romário tinha atalho para escapulidas e deu roupa para não apanhar em 1994

Imagem de destaque
Conheça a história:

Seleção cravou valor do bicho pelo tetra em guardanapo após trauma de briga

Imagem de destaque
Entenda

Por que o Flamengo pensa em ter um clube na Europa e tem Portugal como alvo

Imagem de destaque
Confusão

Caos na Copa América gera pressão da Fifa em Miami sobre Mundial de Clubes


Juninho Pernambucano quase ampliou aos 31 minutos, após passe de Alecsandro, mas bateu pela rede por fora do gol. Aos 35, saiu o segundo gol. Felipe recebeu pelo meio, driblou o marcador, a zaga do Náutico deu espaço e o meia arriscou, de fora da área. O chute forte entrou no ângulo de Gideão.


O segundo tempo começou morno, mas ficou movimentado. Aos 12 minutos, o Náutico quase marcou em bola cabeceada por Rhayner, muito bem defendida por Fernando Prass. O time pernambucano começava a gostar do jogo, mas, aos 16, Diego Souza recebeu lançamento e tocou para Juninho Pernambucano, que invadiu a área em velocidade e tocou no canto, sem chance para Gideão.

Por pouco o meia não ampliou, dois minutos depois, mas a bola passou perto e saiu. Aos 21, Martinez diminuiu para o Náutico, após falha da zaga do Vasco. Dois minutos depois e mais emoção. Felipe tocou de primeira para Alecsandro, que emendou direto para o gol: 4 a 1. Aos 42, Rhayner lançou Araújo na área, que driblou Fernando Prass e mais uma vez diminuiu. Mas já era tarde.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade