Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Economia

Ferrari defende redução dos custos na Fórmula 1

Agência Estado
13 jun 2012 às 12:20
Publicidade
Publicidade

O presidente da Ferrari, Luca Di Montezemolo, defendeu que a Fórmula 1 adote imediatamente uma estratégia para cortar custos. De acordo com o dirigente, a principal categoria do automobilismo mundial precisa agir para não ser atingida pela atual crise financeira na Europa.

"Temos de enfrentar com urgência e com determinação a questão dos custos", disse Montezemolo, em entrevista ao site oficial da Ferrari, alertando que a Fórmula 1 não pode mais "ignorar" a crise.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


A Ferrari foi uma das primeiras escuderias a sair da associação das equipes no ano passado em uma disputa sobre redução de custos. Atualmente, os times estão em discussões com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) sobre um novo contrato comercial, já que o atual acordo se encerra no final desta temporada.

Leia mais:

Imagem de destaque
Não vai

Maratonista Daniel Nascimento cai no doping e está fora dos Jogos de Paris

Imagem de destaque
Contagem regressiva

Quando é a abertura das Olimpíadas de Paris 2024? Veja dia e horário

Imagem de destaque
Ingressos já estão à venda

Time londrinense de Futebol Americano faz sua primeira decisão inédita no Estádio do Café

Imagem de destaque
YouTube

CazéTV irá transmitir jogo da NFL no Brasil e outros duelos internacionais na temporada 2024

"A Ferrari está de acordo com a posição da FIA de que uma intervenção drástica é necessária. A questão tem de ser enfrentada no mais alto nível, sem mais demora", acrescentou, avaliando que uma redução dos custos faria bem ao próprio esporte.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade