Pesquisar

Canais

Serviços

- Anderson Coelho/Arquivo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Barulho proibido

Organizadora de shows da ExpoLondrina será multada por usar fogos de artifícios

Rafael Machado - Grupo Folha
05 mai 2022 às 18:54
Continua depois da publicidade

A Sema (Secretaria Municipal do Ambiente) multou em R$ 500 a empresa Diverti Entretenimento e Eventos Ltda, de São Paulo, por fogos de artifício com barulho lançados durante a ExpoLondrina 2022, realizada entre os dias 1 e 10 de abril no Parque Governador Ney Braga. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

 

Continua depois da publicidade

A Diverti foi contratada pela SRP (Sociedade Rural do Paraná) para gerenciar os shows da feira, contratar os artistas e providenciar toda a estrutura. A parceria entre as duas partes existe há pelo menos 10 anos, mas antes a instituição paulista era a responsável pelo camarote de uma marca de cerveja. Em 2022, o acordo foi ampliado para administrar a operação da arena onde as apresentações musicais ocorreram. 


Soltar fogos de artifício sonoros é proibido desde 2018 em Londrina, quando o prefeito Marcelo Belinati (PP) editou um decreto regulamentando a decisão. A desobediência à determinação implica em multa mínima de R$ 500, que poderá ser duplicada em caso de reincidência e quadruplicada se houver nova irregularidade. 


A notícia de que a Sema multou a organizadora veio após resposta da prefeitura enviada ao vereador Deivid Wisley (PROS), que cobrou explicações do caso. Segundo o auto de infração, a Diverti estourou fogos barulhentos, desrespeitando a legislação. Assim que for notificada, ela tem 20 dias para apresentar defesa. 

Continua depois da publicidade


Em nota, a empresa informou “que ainda não teve acesso ao conteúdo da notificação. Assim que receber, tomará as medidas necessárias”.


Continue lendo na FOLHA

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade