Pesquisar

Canais

Serviços

Desmistificando

Açaí: mocinho ou vilão?

Redação Bonde
07 mar 2016 às 09:43
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

O açaí (Euterpe oleracea) bastante popular no Brasil é um fruto originário do açaizeiro, uma espécie de palmeira encontrada na região do Amazonas: Pará, Maranhão, Amapá, Acre e Rondônia. Diversos estudos científicos já comprovaram seu benefício à saúde, é um alimento com alto valor energético, considerável teor de ferro, rico em antioxidantes (compostos bioativos que são benéficos para o nosso organismo) com ação anti-inflamatória, previne o câncer, o aparecimento da aterosclerose e auxilia na saúde cardiovascular e neurológica. Devido ao seu teor de fibras pode favorecer o funcionamento intestinal.

Continua depois da publicidade


Por conta do seu elevado valor calórico e de gordura surge a questão: açaí engorda? Observe que 60g de açaí (equivalente a 6 col. sopa) apresenta 62 kcal, 10,5g de carboidrato, 0,5g de proteína e 2,0g de gordura (sendo 0,5g gordura saturada). No entanto, mesmo assim, o fruto apresenta em sua composição uma gordura boa, o ácido oléico, que desempenha funções essenciais em nosso organismo, induz nossas células cerebrais à saciedade, estão relacionadas à síntese de diversos hormônios, a manutenção da integridade celular- a gordura faz parte da membrana celular.


Precisamos delas, mas desde que não seja associada a uma grande quantidade de carboidrato, por isso, a associação de diversas frutas e da granola não se tornam interessantes, modere no consumo. Além de aumentar consideravelmente a quantidade de caloria, carboidrato e gordura (100g equivale a 142 kcal; 24,60g de carboidrato; 2g de proteína e 3,8g de gordura). Para compensar o elevado valor calórico, posso substituir por uma refeição? Não! Pois não tem uma composição nutricional completa, deixando a desejar na quantidade de proteínas, um nutriente importante para a formação e manutenção de massa muscular, construção de tecidos (cabelo, pele, unhas), entre outras ações.


Quando consumido em sua forma in natura, o açaí proporciona muitos benefícios para a nossa saúde, mas nem todos os seus derivados podem trazer os mesmos benefícios. É importante saber que com o processo de industrialização acontece a inclusão de ingredientes para dar origem ao produto final. Entre eles estão o açúcar e o xarope de glicose. O excesso do consumo desses ingredientes pode levar ao excesso de peso, obesidade, ao aumento dos triglicerídeos no sangue, aumento da glicemia e ao diabetes.


Ainda há o acréscimo de aditivos químicos, substâncias que têm a função de conservar, dar e manter a sua consistência. Sua comercialização em larga escala deu origem a confecção de polpas congeladas e sucos industrializados, que são consumidos em grande quantidade pela população, porém, segundo Menezes et al., esta forma de apresentação pode gerar perdas de vitaminas e compostos bioativos que são importantes para a saúde.

(com informações do site Nutrirede)


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade