30/09/20
Queime calorias!

Conheça 5 truques simples para acelerar o metabolismo

Muitas pessoas tentam de tudo para emagrecer, mas relatam dificuldades por conta do metabolismo lento. Ou seja, não adianta apenas levar em consideração a quantidade de calorias ingeridas e queimadas, já que a ação do metabolismo diz como o organismo transforma essas calorias em energia.

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay


"De forma simplificada, o metabolismo é o conjunto de processos relativos ao consumo e ao gasto de energia, e a sua taxa metabólica é a velocidade do seu metabolismo, ou a quantidade de calorias que você queima ao longo de um período específico”, explica Christian Soetebier, especialista em treinos do time de Freeletics, aplicativo líder em exercícios físicos com o uso de inteligência artificial.

São poucas as coisas que podem ser feitas para mudar o metabolismo, mas existem algumas maneiras eficazes de ajustá-lo, especialmente com o intuito de perder peso. Veja abaixo as orientações do especialista da Freeletics.

Treino de HIIT - O HIIT (treino intervalado de alta intensidade), que envolve exercícios aeróbicos realizados em máxima intensidade por um curto período de tempo, é comprovadamente eficiente para o emagrecimento, mas também tem bons efeitos para acelerar o metabolismo, pois provoca
o efeito EPOC, uma sigla que, em inglês, significa "consumo excessivo de oxigênio pós-exercício" e trata do aumento da taxa de consumo de oxigênio após um treino HIIT.

Desse modo, por conta de sua natureza exaustiva, o HIIT força o corpo a utilizar uma ampla gama de processos metabólicos e energéticos. Mesmo após finalizar o treino, durante a respiração, para retomar o equilíbrio, o corpo continua queimando calorias.

Treino de força - Muitas pessoas que têm como objetivo apenas o emagrecimento deixam de lado o treino de força. Entretanto, a verdade é que este tipo de treino pode queimar muitas calorias e, ao longo do tempo, melhorar também a composição corporal - e um corpo com mais músculos tende a ter
um metabolismo mais eficaz.

Treinos de força regulares significam que os músculos envolvidos estão queimando mais calorias nos períodos de repouso e essa quantidade aumenta com a frequência dos treinos.

Alimentação com mais proteínas - Por incrível que pareça, realmente existe uma forma de queimar mais calorias comendo mais: consumindo proteínas. Ao comer proteínas, o organismo é forçado a usar energia para obter os aminoácidos contidos nas proteínas. Isso é conhecido como "efeito térmico dos
alimentos" e faz com que as proteínas tenham um impacto menor em termos de equilíbrio calórico em comparação com outros macronutrientes, como carboidratos.

Ao mesmo tempo, comer mais proteínas ajuda a criar mais músculos e a melhorar sua composição corporal, enquanto também reduz o apetite.

Ingestão de água e chás - Outra forma de acelerar o metabolismo é evitar calorias líquidas "vazias", como refrigerantes. Prefira o consumo de bebidas sem calorias, como água e chás.

Bebidas estimulantes como chá verde e café também são conhecidas por seus efeitos estimulantes para o metabolismo, pois reduzem o apetite. Entretanto, é preciso cuidado para não beber chá ou café muito tarde para não perder o sono, uma vez que dormir pouco pode ser um fator negativo para o metabolismo.

Movimente o corpo - Não são só os exercícios físicos tradicionais que queimam calorias. Os movimentos tradicionais do dia a dia - como limpar a casa ou descer as escadas - também ajudam no emagrecimento, aceleram o metabolismo e ainda podem ser feitos de forma constante durante a semana.

Um exemplo simples de inserir tais atividades na rotina é usar a escada ao invés do elevador ou andar um pouco mais para ir ao trabalho.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Estoque baixo
Hemocentro do HU pede doação de sangue
30 SET 2020 às 17h27
Boletim da pandemia
Maringá registra duas mortes e 130 casos da Covid-19
30 SET 2020 às 16h32
Pesquisa
Brasileiros são os que menos confiam em cientistas, indica estudo de centro americano
30 SET 2020 às 15h15
Altas temperaturas
Calor excessivo aumenta risco de infarto e derrame, dizem especialistas
30 SET 2020 às 15h08
Boletim diário
Brasil registra 863 óbitos e 32.058 novos casos de Covid em 24h
30 SET 2020 às 09h15
Boletim da Sesa
Paraná ultrapassa 175 mil casos de Covid-19; 4.378 mortes
29 SET 2020 às 18h36
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados