Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Saiba mais

O que fazer para não engordar após parar de fumar?

Sua Saúde - Folha de Londrina
30 jul 2013 às 15:50
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma das preocupações do fumante que deseja parar de fumar está relacionada ao ganho de peso, que depende do organismo de cada um. Um dos motivos que justificam o aumento de peso está ligado à gratificação oral. O ex-fumante sente falta da sensação de ter algo na boca e nas mãos, hábito antes reservado para o cigarro. Para suprir a ansiedade e tentar substituir a ação repetitiva de fumar há uma tendência de comer e beliscar o tempo todo. Portanto, o aumento do peso está associado a fatores metabólicos, à falta de atividades físicas e a ingestão de alimentos pobres em nutrientes.

Além disso, a nicotina age como um agente inibidor do apetite. O cigarro tem cerca de seis mil substâncias tóxicas. A nicotina é só uma delas. O que acontece é que muitos não se alimentam de maneira adequada, comem correndo, acendem o cigarro antes mesmo da primeira refeição do dia, o que reduz o apetite. Fumar reduz o olfato e cerca de 70% do paladar depende do olfato. Portanto, quando o paciente para de fumar, os alimentos se tornam mais cheirosos e apetitosos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Quem deseja parar de fumar precisa ter uma alimentação saudável e em horários regulares. O ideal é fazer comer de duas em duas horas. O acompanhamento do nutricionista é importante para mobilizar uma dieta desintoxicante, que colabore em driblar a ansiedade e evitar o ganho de peso. A mastigação é outro colaborador: comer devagar ajuda a diminuir a vontade de fumar.

Leia mais:

Imagem de destaque
Dia da Mentira

Confira cinco mentiras sobre alimentação que sempre te contaram

Imagem de destaque
Anvisa

Relatório aponta que 28% dos alimentos industrializados têm sódio em excesso

Imagem de destaque
Para um melhor desempenho

Conheça os nove nutrientes essenciais para evitar fome e cansaço pós-treino

Imagem de destaque
Rotina alimentar

Além do aspartame, OMS considera carne vermelha e outros alimentos como "possivelmente cancerígenos"

Maria Valéria Fontoura - nutricionista


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade