Pesquisar

Canais

Serviços

Geraldo Bubniak/AEN-PR
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Orientações

Contatos para atendimentos emergenciais em rodovias do PR são divulgados

Redação Bonde com AEN-PR
26 nov 2021 às 10:19
Continua depois da publicidade

Com o fim das concessões de pedágio pelo Estado, a partir deste fim de semana, as ocorrências situadas nas rodovias do Anel de Integração, que necessitem de atenção emergencial, serão atendidas através de uma parceria das forças de segurança pública e de saúde do Paraná, juntamente com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Os números para contato foram divulgados juntamente com as orientações sobre quais deles recorrer em cada caso.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O usuário deverá direcionar a chamada segundo sua ocorrência. Se houver problemas na pista, motoristas que estiverem em rodovias federais (BR) podem ligar diretamente para o número 191, atendido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Já os usuários que circularem pelas rodovias estaduais (PR e PRC) poderão discar 198, que direciona para a PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Para casos de interrupção de pista e outras ocorrências, recomenda-se ligar para o 190, da Polícia Militar, que pode transferir as ocorrências para as instituições correspondentes.


No caso de acidentes com vítimas, o usuário deve ligar para o número 193, do Corpo de Bombeiros, tanto em rodovia federal quanto em rodovia estadual. 


Os atendimentos serão realizados em parceria com a rede de Samu. Vale lembrar que o usuário deve buscar um local seguro para fazer a ligação.

Continua depois da publicidade


O comandante-geral da PMPR, coronel Hudson Leôncio Teixeira, reforça que as forças de segurança serão reforçadas nas estradas, com viaturas disponíveis para patrulhamento nas rodovias. Para isso, darão apoio à Polícia Rodoviária Federal um contingente de policiais militares, rodoviários e bombeiros, além do suporte de equipes da Saúde, Polícia Civil, Polícia Científica e da Defesa Civil.


“Teremos viaturas transitando e patrulhando as rodovias. Tendo o acionamento pelo usuário, as viaturas irão até o local da ocorrência para fazer a sinalização e o desvio do trânsito”, explicou o comandante. “Nós faremos o que o Estado precisa: prestar serviços de segurança pública para a coletividade. Vamos socorrer vítimas, tirar veículos de locais de risco, fazer levantamentos de acidentes”.


Exceção: As mudanças são válidas para as rodovias contidas nos lotes 2 e 3 a partir de sábado (27), e para os lotes 4, 5 e 6 a partir de domingo (28). 


As únicas vias que continuarão recebendo o atendimento da concessionária são as do Lote 1, cobertas pela Econorte. A exceção é consequência de um acordo firmado entre a empresa e o DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná).


Com isso, a Econorte continuará a frente, nas rodovias que antes administrava, dos serviços de guincho mecânico, de ambulâncias para atendimento pré-hospitalar, mantendo o centro de controle de operações e telefone para emergências 0800. A medida terá validade por 365 dias, devendo atender a todo o intervalo entre concessões.


Os trechos administrados pela concessionária que continuam recebendo atendimento são: PR-323 (da divisa com São Paulo até Warta - 62 km), PR-445 (de Warta a Londrina - 14 km), BR-369 (da divisa com São Paulo até Cambé - 158,15 km), BR-153 (da divisa com São Paulo até o entroncamento com a PR-092 - 51,6 km), PR-090 (de Jataizinho até Assaí - 14,3 km), PR-862: Contorno Norte de Ibiporã - 12,65 km) e PR-090 (de Ibiporã até Sertanópolis).


Mesmo com o acordo, a concessionária deixará de cobrar qualquer tarifa de pedágio aos usuários a partir de 28 de novembro, medida que vale para todas as concessionárias do Anel de Integração.


Para assistência nas rodovias sem concessão a partir de 28 de novembro, o usuário deverá ligar para os seguintes números:


191 - Polícia Rodoviária Federal (rodovias federais)

198 - Polícia Rodoviária Estadual (rodovias estaduais)

193 - Corpo de Bombeiros (acidentes)



Continue lendo