Pesquisar

Canais

Serviços

Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Tá doendo no bolso?

Especialista aconselha como reduzir gastos com combustíveis no dia a dia

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
15 nov 2021 às 07:00
Continua depois da publicidade

O Brasil enfrenta um complexo momento econômico. Os preços de diversas mercadorias levantaram justamente em um momento que a economia dá os passos iniciais para retomada da realidade pré-pandemia.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Um dos problemas lamentados por muitas línguas é o alto preço de combustíveis, como a gasolina, que chegou a alcançar R$ 7 o litro em alguns estados.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O investidor e empresário César Karam oferece um compilado de dicas úteis para reduzir os impactos da disparada do preço dos combustíveis no dia a dia. De acordo com ele, quando se vive no automático, as pessoas esquecem de buscar alternativas para as melhores tomadas de decisões. “Existem muitos prejuízos de viver uma vida no automático, as pessoas deixam de se importar com o que estão fazendo, não pesquisam e não fazem cotações”, explica.


Leia também: De cálculo a planejamento, especialista indica como fazer render gasolina

Continua depois da publicidade

Em média, um brasileiro gasta R$ 6.500 por ano em combustível. A inteligência financeira, porém, pode ser uma aliada na redução deste valor. “São mudanças que vão muito além de planejamento financeiro, esses novos hábitos vão trazer uma mente mais planejadora e tornar você mais dominante na sua vida”, afirma o investidor.

Para começar, deve-se considerar a variação de preços de posto para posto, por exemplo. “Recomendo pegar o carro, usar o telefone ou a internet e fazer esse rodízio de postos para ter um levantamento.Pois, a variação de preços pode chegar até 20% de um posto para o outro”, detalha Karam. 


O empresário conta ainda que a maioria dos postos segue um padrão. Logo, realizando essa pesquisa uma única vez é possível determinar quais são os locais mais baratos e os mais caros. “O aplicativo Waze também tem uma ferramenta que atualiza os preços dos combustíveis, você pode pesquisar assim entre os postos mais próximos”, aconselha.

Uma outra alternativa é estudar apps de descontos e cashback como o Abastece Aí, o Ame e o Shell Box. “Esses aplicativos permitem que você acumule pontos para trocar em viagens ou ainda receber parte do valor de volta, além de ter convênios com lojas como a Casas Bahia e as Lojas Americanas, por exemplo. Vale a pena conferir”, relata o investidor.

Continue lendo