30/03/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Lucio Flávio
Lucio Flávio
11/02/2020 - 16:38
Imprimir Comunicar erro mais opções
O Londrina estreia daqui a 82 dias na sua competição mais importante do ano. A série C do Brasileiro começa no dia 3 de maio e, por incrível que pareça, o clube ainda não sabe quem vai comandar o futebol após o Paranaense.

De tão urgente que é, esta definição tinha que ser prioridade absoluta em qualquer assunto referente ao LEC. Retardar esta decisão é empurrar o problema com a barriga e deixar, a cada dia, mais difícil um ano que promete ser de muitas adversidades para a torcida alviceleste.

O gestor Sérgio Malucelli já falou inúmeras vezes e para quem quisesse ouvir que deixará o clube após o Estadual. O problema é que isto ainda não está no papel e as tratativas para a rescisão do contrato, inclusive com os valores que são devidos pelo empresário ao clube, não foram iniciadas. O ideal é que já estivesse tudo acertado.

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube


escrevi aqui em outras oportunidades, que a parceria foi muito positiva para os dois lados. Mas, como tudo na vida, sempre tem um final. E o fim da relação entre LEC e SM está próximo, até porque o desgaste na parceria é tão grande que não há mais condição de reaproximação.

O SM não quer mais, o clube também não, a cidade já cansou e a torcida nem se fala então. O problema é que o fim está perto, mas ainda não chegou.

A situação do Londrina hoje é a seguinte. Em caso de contratar um reforço para a série C, quem vai assinar o contrato e a responsabilidade de pagar os salários? O presidente Felipe Prochet ou o gestor Sérgio Malucelli? Não tem como existir planejamento se você não sabe quem vai assinar o cheque.

A melhor maneira de você lidar com pouco dinheiro é se planejando. É assim na vida e também no futebol. Sem dinheiro e sem planejamento a derrocada é quase inevitável. No LEC atualmente não há dinheiro abundante e o planejamento está ficando de lado.



E a cada dia que passa, o clube vai perdendo tempo para se organizar para o Brasileiro. Não pense que deixar para contratar após o fim dos estaduais será a melhor opção. Será difícil encontrar boas opções com os recursos que o Londrina tem. A hora de planejar e contratar para a série C é agora.

É válido o trabalho que o presidente Prochet está realizando na busca por novos parceiros e investidores e, este trabalho, deve render bons frutos ao clube a partir de 2021. A expectativa do dirigente é muito grande. Porém, é necessário e urgente que o presidente defina de uma vez por todas como vai andar o futebol do Londrina após o Paranaense.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social/Jornalismo. Repórter da Rádio Paiquerê AM desde 1997 e da Folha de Londrina desde 2012. Participa de coberturas esportivas nacionais e internacionais



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE