Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Não usa mais? Passe pra frente

03 fev 2010 às 16:02
Continua depois da publicidade

Com esse calor infernal (sou curitibana - qualquer coisa acima dos 30 graus é insuportável) e uma sequência de chuvas que está destruindo tudo que encontra pela frente, muita gente está começando a pensar que talvez seja uma boa ideia aderir a um estilo de vida mesmo agressivo com o meio ambiente. Vamos falar a verdade, ser verde nem sempre é fácil. Produtos orgânicos custam mais caro que os tradicionais. Separar o lixo reciclável nem sempre é garantia de que esse material realmente será reaproveitado.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Mas existe algo muito simples que qualquer usuário de equipamentos tecnológicos pode fazer para reduzir a poluição e a contaminação produzida por esses produtos. Sabe aquele pen drive de 1GB que já virou peça de museu para você? E o MP3 de 512 kb? O monitor tela plana que você trocou por um LCD? O celular que você ganhou da operadora?

Continua depois da publicidade


Passe tudo isso para frente. Isso mesmo. Pegue sua lista de contatos e mande um email divulgando sua vontade de se desfazer dessas tralhas todas. Dê de presente para sua diarista. Venda, dê, troque, mas não deixe esse material todo juntando pó na sua casa.


Nós temos uma mania de nos apegar a esses gadgets da estação passada por um motivo muito simples: pagamos caro por eles. Mas o caso é que passado o tempo, a maioria disso vira descanso para o pó. E perde muito do valor monetário que tinha antes. O pen drive já custou bons R$ 150 reais, mas hoje tem similares com maior capacidade de armazenamento disponíveis por R$ 30 ou menos.

Continua depois da publicidade


O problema é que esses trambolhos tecnológicos não perdem só valor monetário quando ficam largados no canto. Um MP3 que é deixado de lado, por exemplo, pode perder a capacidade de segurar carga na bateria. Sem bateria, o gadget deixa de ter função.


O ideal seria que nós não gastássemos tanto com produtos que perdem rápido a função. Investir em produtos com maior durabilidade também é uma boa ideia. Mas se compramos e deixamos de usar, porque não passar esses gadgets do passado a quem poderá desfrutá-los ainda?


Você não quer dar de presente o que te custou tão caro? Então venda. Bote no Mercado Livre. Divulgue sua lista de produtos por email. Faça um bazar. Pode ser que alguém esteja precisando justamente de algo como o que você tem e não usa mais.


Um MP3 de 512 kb, por exemplo, pode ser um ótimo presente para uma criança pequena, que não tem condições de cuidar de um player mais caro. Monitores de tela plano ou os mais antigos ainda são usados por empresas.

Só não espere conseguir muito pelo seu tesouro. Ninguém vai pagar o mesmo que você pagou por um produto usado e já fora do mercado. Mas o importante aqui não é recuperar o investimento, e sim garantir a esses produtos todos uma vida útil sobressalente.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade