Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

A doçura do mundo - Thrity Umrigar **

12 ago 2010 às 14:11
Continua depois da publicidade

Olá pessoal! Desculpem a demora para postar!
Mudei para a editoria de política recentemente, e vou contar uma coisa para vocês: não é nada fácil!
Bom, hoje vou falar de um livro que eu gostei, mas não está entre meus livros preferidos. Achei a história fraca. O diferencial, porém, são os detalhes sobre a vida da personagem no novo país, e a sensibilidade que a autora trata alguns assuntos. Vamos lá...

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O romance "A doçura do mundo", lançado em 2007, é da mesma autora de "A distância entre nós", Thrity Umrigar. A jornalista atualmente mora em Ohio e escreve para vários jornais locais, além de lecionar literatura na Case Western Reserve University.

Continua depois da publicidade


Neste livro, Umrigar conta a história de uma família que aprende a transcender dificuldades e barreiras culturais para viver no mesmo país. A personagem principal é Tehmina, uma indiana de 76 anos que sempre viveu em Bombaim. Uma mulher batalhadora e inteligente que perde seu marido amado e, pela primeira vez, precisa tomar decisões sozinha.


Em um primeiro momento, Tammy, como é chamada a personagem no decorrer da história, busca conforto na casa de Sorab, seu único filho que foi morar nos Estados Unidos quando tinha apenas 21 anos. Hoje, com 38, Sorab é um homem bem sucedido, casado e pai de um menino. Sua mulher, Susan, é a típica americana branca que não está muito acostumada com as tradições ocidentais. Apesar das reprimendas e de não sentir-se à vontade na casa do filho, quem faz a velha senhora passar dias felizes é seu netinho Cavas, de apenas sete anos, que adora a companhia da avó.

Continua depois da publicidade


Tammy está a quase seis meses na América e pela primeira vez tem que decidir sozinha uma questão que poderá mudar sua vida para sempre: ficar nos Estados Unidos com seu único filho, agüentando as censuras e falta de paciência da nora. Ou voltar para seu apartamento na Índia, onde a cidade, a língua, cultura e pessoas são antigos amigos que ainda podem confortar um coração cansado.


O romance relata como as feridas no coração e na alma de Tehmina cicatrizam e como duas crianças que moravam na casa ao lado podem influenciar na sua difícil decisão. Uma história previsível e fácil de ler, sem muitas tramas ou revira-voltas, mas que encanta pela simplicidade e emoções presentes em cada parágrafo.

Logo na contracapa do livro a autora resume os sentimentos presentes no texto. "O melhor lugar do mundo é um só: perto daqueles que amamos".


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade