Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Em cemitérios públicos

Acesf não tem estrutura para sepultar animais de estimação, diz superintendente

Douglas Kuspiosz - Grupo Folha
10 jul 2024 às 09:15
- Emerson Dias/N.Com
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A informação de que a vereadora Daniele Ziober (PP) vai protocolar um projeto de lei para autorizar o sepultamento de animais domésticos nos cemitérios públicos tem gerado debate em Londrina. 


A FOLHA mostrou na semana passada que a parlamentar é autora de um PL aos moldes do que foi aprovado em Apucarana, e que também gerou polêmica.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A primeira versão da matéria, recebida pela reportagem na quinta (4), prevê que as famílias poderão enterrar cães e gatos nas gavetas e jazigos de Londrina, junto com os tutores. Até esta terça-feira (9), o projeto não estava disponível no sistema da Câmara.

Leia mais:

Imagem de destaque
Máxima de 26°C

Previsão do tempo: terça-feira será de Sol em Londrina e região

Imagem de destaque
Eventos gratuitos

Violinista italiano se apresenta em dois concertos em Londrina

Imagem de destaque
Refeição completa

Veja o cardápio do Restaurante Popular de Londrina desta terça-feira

Imagem de destaque
Com fórum e almoço

Ordem Rosacruz em Londrina comemora 64 anos com a presença do Grande Mestre neste domingo


Trata-se de uma proposta autorizativa, que coloca os custos do sepultamento a cargo das famílias e a regulamentação da lei sob responsabilidade da Acesf (Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina).

Publicidade


Ziober defende que, hoje, “as pessoas emocionalmente têm um grande vínculo com os seus animais, muitos os tratam até como filhos”. Ela também aponta, na justificativa do PL, que as taxas de cemitérios e crematórios particulares são altas e inviabilizam o acesso a esse tipo de serviço para a maioria das pessoas. 


Procurado pela reportagem, o superintendente da Acesf, Leonilso Jaqueta, entende que a estrutura atual do órgão “não permite assumir esse serviço”.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Acesf não tem estrutura para sepultamento de pets, diz superintendente
O enterro de animais domésticos nos cemitérios de Londrina deverá ser pautado na Câmara; prefeito Marcelo Belinati defende amplo debate
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade