Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Criptococose

Família de vítima vai processar prefeitura de Londrina

Loriane Comeli - Redação Bonde
04 jun 2009 às 21:07
- Folha de Londrina/Arquivo
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A família do serralheiro Márcio Kovaleski, 40 anos, que morreu em decorrência de criptococose no sábado passado (30) pretende ajuizar ação judicial contra a prefeitura de Londrina por ter sido negligente no controle de pombos, ave que transmite a doença por meio de um fungo presente em suas fezes.

A família de Márcio argumenta que ele frequentemente estava na região central de Londrina, onde há maior concentração de pombos e, consequentemente, de fezes. Técnicos da Vigilância Sanitária estiveram na casa e na marcenaria onde trabalhava o serralheiro, mas não encontraram qualquer foco do fungo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"Há 20 anos que se fala do problema dos pombos em Londrina e até hoje nada foi feito; nós tivemos que pagar por isso com vida do meu irmão", afirmou Vicente Kovaleski.

Leia mais:

Imagem de destaque
Regiões norte e oeste

Após testes, três novos radares serão ativados nesta segunda em Londrina

Imagem de destaque
Saiba como se inscrever!

Mulheres: Londrina abre vagas para oficina de marketing de pós-vendas e fidelização

Imagem de destaque
PR-545

Tachas com LED são implantadas em rodovia entre Londrina e Distrito da Warta

Imagem de destaque
Mudança de paradigmas

Seminário da OAB-Londrina vai discutir o animal como sujeito de direitos


O secretário de Saúde, Agajan Der Bedrossian, disse, no entanto, que "não é possível provar" que a vítima tenha contraído a doença no centro de Londrina. "O fungo pode estar presente nas fezes de qualquer outra ave", defendeu Bedrossian.

Publicidade


Márcio começou a passar mal no dia 23 de fevereiro, sentindo fortes dores de cabeça. Foi internado na Santa Casa em março e, durante 97 dias, não pôde deixar o hospital até sua morte.


(Com informações da TV Tarobá).
Matérias relacionadas:


Serralheiro morre em Londrina vítima da doença do pombo

Depois de morte, prefeito promete solução para pombos


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade