Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Sem greve

Funcionários da Embrapa em Londrina voltam ao trabalho

Loriane Comeli - Redação Bonde
02 jun 2009 às 08:44
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os funcionários da Embrapa Soja, na Warta, região norte de Londrina, encerraram às 10 horas da manhã desta terça-feira (2) a paralisação programada para demorar apenas duas horas, realizada em protesto contra a não renovação do acordo coletivo do ano passado.

Segundo o sindicato dos funcionários da Embrapa Soja (Sinpaf) de Londrina, 172 trabalhadores cruzaram os braços, de um total de 300 contratados. "Foi um resultado ótimo, até porque muitos funcionários estavam viajando ou em atividades em outros locais", afirmou o presidente do Sinpaf, Antonio Carlos Ferreira Mendes.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Ao final do protesto, os grevistas decidiram em assembleia voltar ao trabalho até segunda-feira da próxima semana (8), quando realizam uma nova avaliação do movimento. Nesta oportunidade, poderão decidir por greve por tempo indeterminado, conforme já deliberaram 31 das 40 unidades da Embrapa no Brasil. Mas também podem achar melhor um paralisação por tempo determinado.

Leia mais:

Imagem de destaque
Regiões norte e oeste

Após testes, três novos radares serão ativados nesta segunda em Londrina

Imagem de destaque
Saiba como se inscrever!

Mulheres: Londrina abre vagas para oficina de marketing de pós-vendas e fidelização

Imagem de destaque
PR-545

Tachas com LED são implantadas em rodovia entre Londrina e Distrito da Warta

Imagem de destaque
Mudança de paradigmas

Seminário da OAB-Londrina vai discutir o animal como sujeito de direitos


Juntas, as 40 unidade da Embrapa no Brasil empregam 8 mil funcionários.


Matéria relacionada:

Funcionários da Embrapa fazem paralisação nesta terça


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade